Apple apresenta últimas novidades no WWDC 2017

EscritórioInovaçãoMacMobilidadeSistemas OperativosSO

O WWDC 2017 começou ontem com a revelação dos principais desenvolvimentos da empresa de Cupertino na área de software e hardware. A companhia apresentou novos sistemas operativos, novos iMac, o novo HomePod que traz a Siri para a sala, entre outros produtos.

A Apple mostrou os novos iMacs, que oferecem ecrãs com cores até 43% mais nítidas e brilhantes que a geração anterior, processadores mais poderosos, discos rígidos mais rápidos e a inclusão de portas USB-C na parte traseira, em conjunto com portas USB padrão, assim como, portas Thunderbolt 3.  

A grande novidade é  o iMac Pro de 27 polegadas destinado ao público profissional, com um processador Intel Xeon de 8, 10 ou 18 núcleos e 128 GB de ECC RAM. Estes modelos estarão à venda em dezembro a partir de 4999 dólares.

A empresa de Tim Cook anunciou, também, novidades a nível de software com  a chegada do novo sistema operativo MacOS High Sierra, que promete ser mais eficiente e utilizar menos espaço em disco.

O novo MacOS vai ter um Safari mais eficiente, que terá 80% mais performance do que o Google Chrome. Outra das grandes novidades vai ser app de Fotos que traz melhorias no reconhecimento facial, permitindo que as caras que sejam reconhecidas na aplicação possam ser sincronizadas em todos os dispositivos Apple do utilizador. 

Para já este SO está disponível apenas para programadores mas está previsto que chegue a todos os utilizadores durante o Outono.

WWDC-2017_684x513

Outra das grandes estrelas do dia de ontem, foi o novo iOS 11, o sistema operativo móvel da Apple para iPhone e iPad. São várias as novidades, entre elas, o Messages que passa a ser sincronizado automaticamente com o iCloud, ocupando menos espaço no dispositivo e que permite ter acesso a todas as conversas em todos os equipamento Apple do utilizador.

O Apple Pay agora pode ser utilizado para fazer pagamentos entre pessoas, não apenas entre um utilizador e uma loja. É possível enviar dinheiro aos contatos através do iMessage com autenticação por leitura de impressões digitais. 

Já a Siri teve uma alteração à voz e ganhou uma nova interface. A assistente também mostrará resultados múltiplos e será capaz de traduzir frases com ainda mais exatidão do que antes.

Para além de tudo isto, foi, ainda, apresentado o HomePod, uma coluna de música controlada por voz, com o serviço da Siri que pode fazer sugestões e ajusta a temperatura de casa. Esta é uma clara aposta para competir com a o Eco e a assistente Alexa da Amazon.com.

Está é uma nova área para a Apple que começa a entrar nos dispositivos de “sala” e que traz a Siri para outras funcionalidades. O HomePod vai estar disponível em dezembro nos EUA, Reino Unido e Austrália com um preço de 349 dólares.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor