Apple aposta em drones para superar Google Maps

EmpresasInovaçãoNegócios

A Apple pretende fazer frente ao Google Maps e melhorar o seu serviço de mapas através de drones. Os drones poderão ser mais eficientes que os carros com câmaras usados até ao momento. Uma equipa especializada em robots e captura de dados será responsável pelas atualizações dos mapas.

A informação é avançada pela Bloomberg que revela, segundo uma das fontes, que com a utilização de drones “a atualização da informação dos mapas será mais rápida do que com a frota de carros com câmaras e sensores que existem atualmente.”

A Apple aposta na utilização de drones para fazer coisas como examinar sinais de rua, monitorar mudanças em estadas e monitorar se as áreas estão em construção. Os dados recolhidos pelos drones serão enviados para as equipas da Apple encarregues de atualizarem a aplicação de mapas e fornecem informações mais rapidamente que o Google Maps.

A Apple já pediu permissão à Administração Federal de Aviação para pilotar drones com fins comerciais. A permissão para “operar aeronaves não tripuladas para recolha de dados, fotografia e videografia” foi aprovada.

No entanto existem algumas limitações. A frota da Apple está restrita a voar sobre pessoas e edifícios e pode apenas voar durante o dia, sendo que os aparelhos têm que ser pilotados por pilotos licenciados.

Para além desta aposta, existem rumores de que a Apple está também a investir na criação de mapas de interiores de edifícios, tal como o Google Maps já tem vindo a fazer e foi com esse objetivo que a Apple anunciou a aquisição da empresa finlandesa Indoor.io.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor