Apenas 1,6 por cento dos dispositivos utilizam o Lollypop

MobilidadeSOSoftware

O Lollypop é a versão mais atualizada dos sistemas operativos Android, mas não parece ter tido o sucesso esperado, alcançando apenas 1,6 por cento dos equipamentos. Os dados disponibilizados pela empresa mostram ainda que o menos utilizado é o Froyo. O mais recente sistema operativo Android já foi lançado há três meses, o que deveria

O Lollypop é a versão mais atualizada dos sistemas operativos Android, mas não parece ter tido o sucesso esperado, alcançando apenas 1,6 por cento dos equipamentos. Os dados disponibilizados pela empresa mostram ainda que o menos utilizado é o Froyo.

eanj3pdvkrspfsanjhns

O mais recente sistema operativo Android já foi lançado há três meses, o que deveria representar um número significativo de utilizadores mas não é isso que se tem verificado. Menos de 2 por cento dos dispositivos utilizam o Lollypop ou Android 5.0.

Os resultam chegam através da análise, que decorreu durante sete dias, do número de equipamentos Android que estiveram conectados à Google Play Store, período que terminou ontem. A conclusão é que apenas 1,6 por cento dos utilizadores tira partido da versão mais atualizada do sistema operativo, lançada em outubro do último ano.

Disponíveis no blog do Android estão os dados considerados surpreendentes pelo universo tecnológico, que revelam o Android 4.4 KitKat como o líder nos dispositivos móveis, estando presente em 39,7 por cento dos equipamentos abrangidos pela investigação. No entanto, quando somadas todas as versões do sistema operativo Jelly Bean, este é, na verdade, o mais utilizado apesar de já ter sido lançado há dois anos.

Com a menor percentagem, encontra-se a versão 2.2, mais conhecida por Froyo, que ainda opera em 0,4 por cento dos dispositivos.

Para explicar esta situação, poderão ser apontadas algumas justificações que passam pelo complexo e lento lançamento do Lollypop que valeram à Google a promessa de melhoria nas suas estratégias de distribuição.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor