Aon analisa maiores riscos para as empresas

EmpresasNegóciosSegurança

A empresa Aon Global Risk Consulting, realizou uma pesquisa que teve como objetivo perceber melhor as atitudes das organizações a nível mundial quando às ameaças que enfrentam no panorama atual comercial. A Aon explorou alguns dos resultados do inquérito bienal Global Risk Management, publicado em 2013, e avaliou as opiniões de directores executivos e não executivos

A empresa Aon Global Risk Consulting, realizou uma pesquisa que teve como objetivo perceber melhor as atitudes das organizações a nível mundial quando às ameaças que enfrentam no panorama atual comercial.

GHost-Malware1

A Aon explorou alguns dos resultados do inquérito bienal Global Risk Management, publicado em 2013, e avaliou as opiniões de directores executivos e não executivos sobre o ranking dos 50 riscos identificados.

Stephen Cross, Presidente do Centro para a Inovação e Análise da Aon, sente que os resultados do inquérito Global Risk Management 2013 apresentavam anomalias. “Pedimos a opinião a diretores sobre o ranking de vários riscos para que tivéssemos uma visão mais realista e, como resultado disso, acreditamos que há um verdadeiro debate que tem de ser tido em conta em toda a indústria de gestão de riscos seguráveis e não seguráveis”, completou.

Um dos riscos que a Aon avaliou no estudo como sendo dos mais desvalorizados por quase todas as organizações foi o cibercrime, crime que foi votado como o 18º nos riscos que mais afetam os negócios.

Outra área de preocupação para a Aon foi a das atitudes face aos riscos de terrorismo, “que foram classificados na posição 46 e 52 por cento dos diretores concordou que esta ameaça foi classificada como demasiado baixa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor