Anturio fecha o 3º trimestre com faturação 50% acima da registada em 2014

EmpresasGestãoNegóciosResultados

A fabricante de software portuguesa anturio cresceu 50 por cento face ao mesmo período de 2014. O resultado coloca a empresa mais perto de fechar 2015 com um crescimento 50 por cento superior ao do ano passado.

Diz a empresa, em nota, que os resultados obtidos no mercado português têm sido melhores do que os esperados, tendo, inclusivamente, registado em agosto uma faturação superior à faturação total de 2014.

Quanto aos mercados externos, o CEO da anturio, Duarte Freitas, afirma estes ainda representam apenas 5 por cento do negócio. No entanto, ele acredita que esta percentagem quadruplique dentro de cerca de um ano.

A anturio, que atualmente conta com 30 colaboradores, está a planear aumentar a sua força de trabalho já no início de 2016. Duarte Freitas avança ainda que a empresa tem “uma política de recrutamento constante, em paralelo com um sistema de estágios profissionais em projetos exploratórios”.

Para 2015, a anturio pretendia estabilizar e rentabilizar o portfólio de clientes durante o primeiro trimestre e capitalizar novas oportunidades de negócio no segundo. Para alcançar estes objetivos, a empresa portuguesa inaugurou um escritório em Maputo e outro no Funchal.

Olhando para o ano que se avizinha, Duarte Freitas diz que “a anturio deverá estabilizar as apostas no mercado internacional e o novo escritório na Madeira e apostar numa solução para o mercado europeu”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor