António Pires de Lima inaugura Accenture Delivery Center

EmpresasNegócios

António Pires de Lima, Ministro da Economia, inaugurou o Accenture Delivery Center. Durante a inauguração, o ministro deu ênfase ao tema dos recursos humanos. São já cerca de 250 profissionais que trabalham na unidade focada em serviços de nearshore, há um ano integrada na rede da multinacional, dedicados à implantação de sistemas e à sua

António Pires de Lima, Ministro da Economia, inaugurou o Accenture Delivery Center. Durante a inauguração, o ministro deu ênfase ao tema dos recursos humanos.

a5São já cerca de 250 profissionais que trabalham na unidade focada em serviços de nearshore, há um ano integrada na rede da multinacional, dedicados à implantação de sistemas e à sua manutenção.

“As pessoas não são um custo, e têm tanto valor quanto a qualidade da gestão da empresa onde trabalham”, disse o ministro. O centro de serviços de nearshore arrancou já há um ano, integrado na rede mundial de 50 estruturas semelhantes da Accenture.

A coordenadora do centro, Susana Mata, procurou vincar que a oferta do centro não é posicionada pelo preço e destacou a relação preço/qualidade como muito competitiva, assim como a relevância da aposta na formação dos recursos humanos.

Os recursos humanos estão a servir projetos em 56 países dos cinco continentes. Segundo José Galamba de Oliveira, presidente da empresa para a organização portuguesa, “o centro inaugurado ontem serve o compromisso assumido pela Accenture Portugal, perante a multinacional, de abordar o mercado africano”.

O Ministro da Economia considera que Portugal está a conseguir criar um cluster relevante na área dos serviços partilhados e de nearshoring, face à satisfação manifestada ao governante por responsáveis estrangeiros de multinacionais com sede nos Estados Unidos.

“Operam em Portugal 450 empresas num setor que engloba serviços partilhados, de centros de contacto, e de nearshoring. São responsáveis por 30 mil empregos diretos, com um volume de negócios total de dois por cento do PIB português”, avançou Pires de Lima.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor