António Campinos será o novo presidente do Instituto Europeu de Patentes

Negócios

O português foi eleito pelo Conselho de Administração da Organização Europeia de Patentes  como futuro Presidente do Instituto Europeu de Patentes (EPO). O mandato de António Campinos terá início a 1 de julho de 2018.

 O actual Diretor Executivo do Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia (EUIPO) irá suceder a Benoît Battistelli no cargo e terá um mandato de cinco anos.

António Campinos tem ampla experiência no setor dado que foi presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e foi, ao longo de vários anos, membro da  representação portuguesa no Conselho de Administração da Organização Europeia de Patentes.

“Quero felicitar António Campinos pela sua eleição. É uma vitória que reflete a sua competência e a experiência impressionante que acumulou na área de propriedade intelectual. É também uma vitória da Europa na sua diversidade. É a primeira vez que o Instituto Europeu de Patentes terá como Presidente um nacional da Europa do Sul. Este resultado decisivo é a prova do amadurecimento da Organização Europeia de Patentes, que tem garantido a implementação de uma governança sólida como tem assegurado a liderança nas tomadas de decisão que levam à inovação europeia”, referiu, em comunicado o atual Presidente o Instituto Europeu de Patentes.

O Conselho de Administração, constituído por delegações de todos os Estados-membros é o corpo legislativo da Organização Europeia de Patentes. Tem como principais responsabilidades a supervisão das atividades do EPO, a aprovação do orçamento e a eleição do Presidente do Instituto.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor