Anthem revela medidas de proteção de identidade

Segurança

A partir de amanhã, os clientes da seguradora Anthem poderão usufruir de serviços de proteção de identidade e de monitoramento de crédito. A oferta da empresa surge após a quebra na segurança registada na semana anterior. O ataque informático a uma das maiores seguradores de saúde dos Estados Unidos pôs em causa os sistemas de

A partir de amanhã, os clientes da seguradora Anthem poderão usufruir de serviços de proteção de identidade e de monitoramento de crédito. A oferta da empresa surge após a quebra na segurança registada na semana anterior.

anthem
O ataque informático a uma das maiores seguradores de saúde dos Estados Unidos pôs em causa os sistemas de segurança e a capacidade das empresas se defenderem dos perigos provocados pelos hackers. Para restabelecer alguma da confiança pela qual a relação entre a seguradora e os clientes se deve pautar, a Anthem vai disponibilizar gratuitamente alguns serviços de proteção.

A seguradora explicou, em comunicado, que desde que o ataque aconteceu, na última semana, a Anthem tem estado a desenvolver em conjunto com outra empresa uma estratégia que permita o fornecimento de soluções de segurança aos clientes afetados e àqueles que correm esse risco. O objetivo é “descansar os consumidores e ao mesmo tempo minimizar a frustração”.

As medidas de que os clientes poderão usufruir já a partir de amanhã passam por uma ferramenta de proteção de roubo de identidade e outra de monitoramento de crédito. Ambas as soluções estarão disponíveis gratuitamente e por um período de dois anos.

Têm surgido esquemas de phishing por parte de criminosos, que enviam e-mails em nome da seguradora, garantindo terem soluções semelhantes a esta. A Anthem alerta para a falsidade destas mensagens e que, para que aproveitar estas ferramentas de proteção, os clientes deverão registar-se no site da seguradora.

Esta oferta da Anthem surge após o ataque informático que terá afetado cerca de 80 milhões de pessoas, que viram informações pessoais roubadas. Nomes, datas de nascimento, números da segurança social, moradas, e-mails e informações profissionais foram alguns dos dados a que os hackers tiveram acesso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor