Andreessen Horowitz financia comercialização do Oculus Rift

Escritório

A empresa responsável pelo desenvolvimento do Oculus Rift recebeu um financiamento de 75 milhões de dólares, ou seja, 54,6 milhões de euros, por parte da Andreessen Horowitz, para começar a comercializar o Oculos Rift. A Andreessen Horowitz é conhecida por já ter apoiado outras empresas como a Jawbone e o Facebook. Como parte do acordo, o co-fundador do grupo,

A empresa responsável pelo desenvolvimento do Oculus Rift recebeu um financiamento de 75 milhões de dólares, ou seja, 54,6 milhões de euros, por parte da Andreessen Horowitz, para começar a comercializar o Oculos Rift.

heres-what-happened-when-we-strapped-a-bunch-of-people-into-the-oculus-rift-virtual-reality-headsetA Andreessen Horowitz é conhecida por já ter apoiado outras empresas como a Jawbone e o Facebook. Como parte do acordo, o co-fundador do grupo, Mark Andreessen, vai ocupar um lugar no conselho de administração da Oculus VR.

O investimento vai ajudar a Oculus VR a finalizar a versão para consumidores do seu dispositivo de realidade virtual. Este acessório é uma aposta da indústria de jogos para aumentar a sua imergência.

Já no passado mês de junho a empresa tinha arrecadado um investimento de 16 milhões de dólares, o que corresponde a 11,7 milhões de euros. No entanto, o projeto foi primeiramente levado ao público pelo site de financiamento Kickstarter, no ano passado.

Estes óculos com sensor de movimentos e ecrã LCD também tem vindo a ser testado em áreas como a arquitetura, construção e medicina.

A Andreessen, que passará a integrar o conselho administrativo da Oculus VR, acredita que esta ainda não mostrou as suas reais capacidades. “Acreditamos que ela não vai apenas alterar o panorama dos jogos, mas também redefinir experiências humanas fundamentais em áreas como o cinema, educação, arquitetura e design. A Oculus está na ponta do iceberg do seu potencial”, disse o investidor num comunicado.

As empresas Spark Capital, Matrix Partners e Formation 8 também participam desta segunda fase de negociações. “A indústria de jogos passou do ponto onde pixels, texels, flops e quadros dispostos num ecrã fixo realmente mudam as experiências dos jogadores”, afirmou John Carmack, chefe de tecnologia da Oculus VR.

A Oculus VR ainda não anunciou a data de lançamento da versão comercial do Rift nem o seu preço.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor