Amazon testa entregas com drones [com vídeo]

e-Commercee-MarketingEmpresasNegócios

A Amazon está a testar aquilo que acredita ser “o futuro dos serviços de entregas” da empresa. O sistema de distribuição inovador usa drones e deverá começar a funcionar em 2015. Recorrendo a robôs voadores, a Amazon quer fazer entregas “em 30 minutos ou menos” após a encomenda ter sido feita. O Prime Air “parece

A Amazon está a testar aquilo que acredita ser “o futuro dos serviços de entregas” da empresa. O sistema de distribuição inovador usa drones e deverá começar a funcionar em 2015.

Amazon Prime AirRecorrendo a robôs voadores, a Amazon quer fazer entregas “em 30 minutos ou menos” após a encomenda ter sido feita. O Prime Air “parece ficção científica, mas não é”, garante a empresa, acrescentando que a nova opção fica disponível assim que exista autorizações regulamentares para tal, o que deve acontecer apenas em 2015.

Na primeira fase, apenas os produtos até 2,5 quilos serão entregues pelo novo sistema. Atualmente, estes produtos correspondem a 86 por cento das entregas da Amazon. Quando for lançado, o serviço só estará disponível nos Estados Unidos.

Para Jeff Bezos, CEO da Amazon, será comum “vermos drones no céu para fazerem entregas, talvez um dia até de correspondência”. O CEO acredita que em quatro ou cinco anos terá drones totalmente autónomos.

Veja o vídeo de apresentação do serviço feito por parte da Amazon.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor