Amazon teve melhor época de compras natalícias de sempre

e-Commercee-Marketing

A Amazon revelou que o período de compras que antecedeu o Natal foi o seu melhor de sempre, com mais de mil milhões de itens enviados para clientes em todo o mundo.

var scr = document.getElementById("DESKTOP_IN_ARTICLE-0");var device = "desktop";if(dfp_device_view == device){var slot_div = document.createElement("div");slot_div.setAttribute("id", "div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0");slot_div.setAttribute("class", "dfp_ad desktop sticky-DESKTOP_IN_ARTICLE-0-60833");slot_div.setAttribute("height", "0");var word = "Publicidade";if(word != ""){var slot_word_div = document.createElement("div");slot_word_div.setAttribute("class", "dfp_word");slot_word_div.innerHTML = word;slot_div.appendChild(slot_word_div);}scr.parentNode.insertBefore(slot_div, scr.nextSibling);googletag.cmd.push(function() {var infinite_scroll = false;if("" != ""){infinite_scroll = true;if(hutt_original_page_id != ""){hutt_original_page_id = "";hutt_defineSlot_slot_object_infinite_scroll = [];}}var slot = googletag.defineSlot("/14668010/bit.pt/article/e-marketing/ecommerce",[7, 7], "div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0").setTargeting("artid", "60833").setTargeting("cat", ["e-marketing","ecommerce"]).setTargeting("tag", ["amazon","e-commerce-2","natal"]).setTargeting("type", "post").setTargeting("min_width", minscreenwidth).setTargeting("job_description", u_job_description).setTargeting("company_size", u_company_size).setTargeting("industry", u_industry).setTargeting("company", u_company).addService(googletag.pubads());if(infinite_scroll == true){hutt_defineSlot_slot_object_infinite_scroll.push( slot );}var size = "[7, 7]";size = size.replace(/\s+/g, "");hutt_defineSlot["div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0"] = {};hutt_defineSlot["div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0"]["size"] = size;hutt_defineSlot_slot_object["div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0"] = {};hutt_defineSlot_slot_object["div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0"]["slot"] = slot;googletag.display("div-gpt-ad-DESKTOP_IN_ARTICLE-0");});}

“O Echo e o Echo Dot foram os produtos mais vendidos este ano, e estamos muito satsfeitos porque milhões de novos clientes irão conhecer a Alexa em resultado disso”, afirmou Jeff Wilke, CEO da divisão Worldwide Consumer na Amazon. A Alexa é a assistente virtual da empresa, baseada em inteligência artificial e aprendizagem de máquina.

“Apesar dos nossos melhores esforços e aumento da produção, ainda tivemos algumas dificuldades em manter o stock”, revelou o executivo. No entanto, sem números exatos, não é possível perceber de que volumes estamos a falar – e fazer comparação com outros produtos similares, como o Google Home. A pesquisa de mercado da Strategy Analytics projeta vendas de 1,8 milhões de unidades da categoria em 2016. No próximo ano, só a Google e a Amazon deverão vender 3 milhões de Echo e Home, diz a consultora.

Um dado interessante relevado pela Amazon é que mais de 72% dos seus clientes em todo o mundo fizeram compras através de um dispositivo móvel, uma percentagem extremamente elevada. As compras no app da retalhista online aumentaram 56% em todo o mundo.

O dia mais concorrido no site de e-commerce foi 19 de dezembro, sendo que mais clientes optaram pelo serviço de entregas Prime que em qualquer outro ano. A entrega mais rápida, por meio do serviço Prime Now, demorou apenas 13 minutos entre a compra e recepção do pacote no endereço do cliente, na Califórnia.

Outros produtos da marca Amazon populares nesta época natalícia foram o Fire TV Stick e o Fire Tablet, mas existe outro item muito cobiçado: bolachas Oreo.

Na lista de mais vendidos também estão o filme “Á Procura Dory, o óculos de realidade virtual Gear VR da Samsung e os jogos Pokémon Sun e Pokémon Moon.

A lista completa de best-sellers pode ser encontrada aqui.

O mercado reagiu de forma positiva aos números, levando as ações da empresa a valorizarem 1,5%.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor