Amazon conquista comerciantes ao eBay

Negócios

O eBay está a perder terreno para a Amazon. Comerciantes que eram leais à plataforma de leilões online estão a migrar os seus negócios para a gigante do comércio eletrónico, alegando que através desta última conseguem obter maior lucro. Em 2014, a base de comerciantes da Amazon chegava aos dois milhões, ao passo que a

O eBay está a perder terreno para a Amazon. Comerciantes que eram leais à plataforma de leilões online estão a migrar os seus negócios para a gigante do comércio eletrónico, alegando que através desta última conseguem obter maior lucro.

Amazon

Em 2014, a base de comerciantes da Amazon chegava aos dois milhões, ao passo que a da eBay se mantém nos 25 milhões há um par de anos. Conta a Bloomberg que os comerciantes acreditam que as vendas são potenciadas se os negócios estiverem nas duas plataformas.

Com uma base de utilizadores que em 2014 chegava aos 270 milhões, segundo o Statistica, os utilizadores conseguem ter alcançar uma audiência mais vasta. Comparativamente, os utilizadores ativos do eBay em 2014 chegavam aos 155,2 milhões.

O CEO da Vivo Technology, Chance Knapp, afirmou que no último ano viu as suas vendas subirem 10 por cento na Amazon, ao passo que perdia 10 por cento no eBay.

John Donahoe, diretor executivo do site de leilões, aponta como razão para a diminuição de tráfego no eBay a forma como o Google gere os resultados do comércio online. Por outro lado, o eBay está a preparar-se para este ano abrir mão do PayPal, uma jogada que o investidor irreverente Carl Icahn tem advogado há muito, dizendo que o serviço de pagamentos online não é suficientemente rentável para ser mantido sob a alçada do eBay.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor