Altice compra Suddenlink e entra no mercado dos EUA

NegóciosOperadoresRedes

A Altice vai finalmente entrar no mercado norte-americano. Com o anúncio da compra de 70 por cento da Suddenlink e com uma OPA lançada à Time Warner Cable, a operadora francesa vai começar a dar os primeiros passos no setor transatlântico de telecomunicações por cabo, dando azo à estratégia de expansão no subcontinente norte-americano do

A Altice vai finalmente entrar no mercado norte-americano. Com o anúncio da compra de 70 por cento da Suddenlink e com uma OPA lançada à Time Warner Cable, a operadora francesa vai começar a dar os primeiros passos no setor transatlântico de telecomunicações por cabo, dando azo à estratégia de expansão no subcontinente norte-americano do chairman Patrick Drahi.

patrick drahi altice

Ao adquirir uma porção maioritária do capital da Suddenlink, a sétima maior operadora de telecomunicações por cabo nos EUA, a Altice estende, agora, o braço até um dos mercados de comunicações por cabo com uma maior taxa de crescimento. A operadora de serviços por cabo, sediada no estado norte-americano do Missouri, conta com um total 1,59 milhões de clientes (1,5 milhões residenciais e 90 mil corporativos).

Em 2014, a Suddenlink, cujo valor de mercado saltou para os 9,1 mil milhões de dólares no encalço da aquisição pela Altice, gerou receitas de 2,3 mil milhões de dólares, com um EBITDA acima dos 900 milhões.

Em nota de imprensa, a Altice diz que a empresa norte-americana está agora na posição para beneficiar das valências do grupo de telecomunicações francês em matéria de eficiência operacional, escalabilidade e capacidade de investimento.

O negócio rondará os oito mil milhões de dólares e deverá estar concluído no último quartel deste ano, após terem sido concedidos os devidos avales regulatórios.

Os restantes 30 por cento do capital da Suddenlink manter-se-á nas mãos dos acionistas Partners e CPP Investment Board.

Mas o magnata francês Patrick Drahi, que ocupa um lugar na presidência do grupo Altice, não se fica por aqui. Depois de ter açambarcado a PT Portugal nos primeiros dias de 2015, a Altice apresentou a sua proposta para a aquisição da Time Warner Cable (TWC), também esta uma empresa na área dos serviços de telecomunicação por cabo. A OPA é lançada após as negociações de aquisição da TWC pela Comcast, segundo consta, terem caído por terra.

Com a Time Warner Cable numa mão e a Suddenlink na outra, a Altice estaria confortavelmente posicionada para marcar uma posição distinta no mercado norte-americano das telecomunicações por cabo.

A Altice, contactada pela B!T, não emitiu qualquer comentário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor