Alphabet falhou estimativas de lucro

EmpresasFinançasNegócios

A Alphabet, a empresa mãe da Google, falhou as estimativas de lucro para o último trimestre de 2017.

A Alphabet, a empresa mãe da Google, falhou as estimativas de lucro para o último trimestre de 2017. O crescimento da venda de anúncios foi eclipsado por um maior gasto para promover os gadgets de consumo, a aplicação do YouTube e os serviços de cloud computing.

Apesar de que os anúncios para aplicações móveis tenham mantido o principal negócio da Google a crescer, a empresa começou a tentar manter o seu domínio e diversificar as vendas. Como resultado, as despesas da empresa subiram 27% para 24,7 mil milhões de dólares no último trimestre do ano.

A Google comprou anúncios durante grandes eventos desportivos para anunciar o smartphone Pixel 2 e o serviço de televisão do YouTube, cortou os preços noutros hardware de modo a levar os produtos às pessoas e a empresa continuou a adicionar empregados à sua unidade de vendas empresariais.

Também uma maior porção das receitas foram gastas a colocar o motor de busca Google como opção por definição em vários produtos e serviços, como o iPhone da Apple ou o Firefox da Mozilla.

Por outro lado, o CEO Sundar Pichai notou que os investimentos estão a ter resultados. O negócio de computação cloud está a gerar mil milhões de dólares em vendas trimestrais, e o G Suite da Google duplicou os seus clientes para quatro milhões em apenas dois anos, por exemplo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor