Alibaba anexa UCWeb para potenciar oferta mobile

MobilidadeNegócios

A Alibaba confirmou hoje que vai, com efeito, adquirir a restante percentagem da empresa de serviços de Internet móvel UCWeb, no que constituir-se-á como a maior fusão na História chinesa da Internet. O negócio surge numa altura em que a gigante do comércio eletrónico procura potenciar as suas ofertas mobile. O mais recente acordo materializa-se

A Alibaba confirmou hoje que vai, com efeito, adquirir a restante percentagem da empresa de serviços de Internet móvel UCWeb, no que constituir-se-á como a maior fusão na História chinesa da Internet. O negócio surge numa altura em que a gigante do comércio eletrónico procura potenciar as suas ofertas mobile.

Alibaba

O mais recente acordo materializa-se no encalço de uma série de investimentos da Alibaba que nos últimos seis meses chegaram aos 4,8 mil milhões de dólares e suplantará mesmo a aquisição de 1,9 mil mihões de dólares através da qual, no ano passado, o Baidu trouxe para a sua alçada a 91 Wireless.

Esta compra vai permitir que a olimpiana do e-commerce possa integrar motores de pesquisa e uma app store nos seus serviços para dispositivos móveis, e reforçar o seu negócio mobile no maior mercado de smartphones do mundo. A Alibaba intenta também mitigar o implacável domínio da sua arqui-rival Tencent, que impera no mercado dos “telemóveis inteligentes” sob o escudo da sua aplicação móvel de mensagens instantâneas WeChat.

Profetizando que “esta integração criará a maior fusão na História chinesa da Internet”, a Alibaba avançou que, conjuntamente com a UCWeb, formará o UCWeb Mobile Business Group, que terá nas mãos os serviços de pesquisa, a distribuição de aplicações móveis e a plataforma de jogos mobile.

Assim, o diretor executivo da UCWeb vai ocupar o cargo de presidente deste novo grupo e tornar-se-á membro do comité de decisões estratégicas da Alibaba.

A Alibaba está a preparar o território para apresentar a sua oferta pública inicial nos Estados Unidos, que poderá valer-lhe uma avaliação de 150 mil milhões de dólares.

Não obstante, a empresa e as suas filiações têm em conjunto esbanjado capital em investimentos que ultrapassam os 6,7 mil milhões de dólares, apenas nos últimos seis  meses.

O multimilionário e CEO da Alibaba, Jack Ma, e a UCWeb têm cooperado no desenvolvimento de áreas como os serviços de pagamento, de pesquisa e de jogos, numa altura em que a competição na China atinge um mais elevado nível.

Ma juntou-se em agosto ao conselho diretivo da UCWeb.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor