ALE International aposta no Wireless LAN com tecnologia Wave 2 Unified Access

EmpresasMobilidadeNegócios
0 0 Sem Comentários

A ALE International continua a disponibilizar soluções superiores de Wireless LAN, com o seu novo Access Point 802.11ac Wave 2.

De acordo com a empresa, o novo Access Point OmniAccess 320 com a norma 802.11AC – Wave 2 da Alcatel-Lucent, oferece os benefícios desta nova tecnologia, entre os quais: tecnologia multi-user multiple input/multiple output (MU-MIMO) dinâmica, que pretende garantir uma maior capacidade e eficiência de rede; desempenho Wi-Fi melhorado, disponibilizando um débito superior em, pelo menos, mais um terço; garantia de proteção de investimento a longo prazo, através da retro compatibilidade com as tecnologia 802.11ac Wave1 e 802.11n.

O novo Access Point OmniAccess 320 permite que o crescente número de dispositivos móveis partilhe a largura de banda Wi-Fi, reduzindo, segundo a empresa, os problemas de performance na rede sem fios. O novo ponto de acesso é o mais recente produto do roadmap de equipamentos com a tecnologia de Unified Access da Alcatel-Lucent. Este roadmap oferece soluções para ambientes móveis, que necessitem de uma maior capacidade e de melhor desempenho da rede, e que garante, tal como refere a ALE International, uma consistente experiência do utilizador para dispositivos com e sem fios.

Stephane Robineau, vice-presidente executivo da Network Business Division, ALE International, afirma, em nota de imprensa, que “a evolução tecnológica para redes Wi-Fi faz-se a um ritmo elevado. Muitas redes, nos dias de hoje, já não estão preparadas para suportar a crescente adoção de dispositivos móveis que se tem verificado nos últimos dois ou três anos. O futuro leva-nos ao 802.11AC Wave 2, e cada vez mais redes irão beneficiar dos melhoramentos de capacidade e de performance que são disponibilizados pela próxima fase da evolução da tecnologia Wireless LAN.”

“O nosso novo Access Point OmniAccess 320 é a solução ideal para ambientes em que a maioria das atividades de comunicação acontecem na rede sem fios, como acontece com empresas móveis e em polos universitários, onde vamos certamente verificar uma proliferação de early adopters da tecnologia móvel Wave 2 para envio de mensagens de texto, streaming de vídeos, acesso à Internet, tarefas de colaboração ou uso de apps para aprendizagem e negócios.”, acrescenta o responsável.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor