Alcatel-Lucent e Cinia Group implementam cabo submarino

EmpresasNegócios

A Alcatel-Lucent prepara-se para implementar, em conjunto com o Cinia Group, um sistema de cabo submarino, preparado para garantir a primeira ligação direta por cabo, entre a região nórdica e a Europa continental. O objetivo é implementar um sistema para ligar a Finlândia à Alemanha, num projeto chamado Sea Lion, que instalará um sistema 100G,

A Alcatel-Lucent prepara-se para implementar, em conjunto com o Cinia Group, um sistema de cabo submarino, preparado para garantir a primeira ligação direta por cabo, entre a região nórdica e a Europa continental.

comAMPS_telecom

O objetivo é implementar um sistema para ligar a Finlândia à Alemanha, num projeto chamado Sea Lion, que instalará um sistema 100G, em mais de 1.100 quilómetros, desde Helsínquia a Rostock-Ribnitiz, na Alemanha. A previsão é que a implementação esteja concluída no início de 2016.

O sistema vai ter um papel crítico no reforço da disponibilidade de conetividade fiável e segura a banda ultra larga para aplicações cloud e de data center. De acordo com a análise do Cinia Group, os serviços cloud apresentarão um crescimento anual global de aproximadamente 40 por cento, enquanto que a previsão é que o volume de dados de telecomunicações triplique até 2017.

A capacidade máxima será de 15 Terabits por segundo, fazendo parte do plano estratégico do governo finlandês para para melhorar a capacidade de transferência de dados internacional do país.

Jukka-Pekka Joensuu, Executive Vice-President do Cinia Group referiu que “a ligação de banda larga apresenta uma enorme oportunidade de crescimento para um futuro próximo. A implementação de uma robusta infraestrutura de telecomunicações é vital. Estamos muito satisfeitos em darmos os primeiros passos nesta cooperação com a Alcatel-Lucent num projeto tão relevante para a Finlândia. Vai permitir que o país reforce a sua posição de líder em investimentos em data centers e promove a inovação e a maior ligação a um caminho de crescimento para as economias finlandesa e europeia.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor