GFI potencia sistemas de informação da CNES

OutsourcingProjetos

A Agência Espacial Francesa, juntamente com a Gfi, em França, irá gerir o projeto SIRIUS (Système d’Information Réseaux, Infrastructure Informatique, Utilisateurs et Services). A colaboração garantirá a gestão global e a evolução das suas infraestruturas e aplicações.

Esta proposta apresenta vários serviços, tais como suporte aos utilizadores, manutenção operacional, supervisão, exploração e implementação de novos serviços por um período de quatro anos, extensível a seis.

A parceria tem como objetivo potenciar a operacionalização estandardizada dos serviços do CNES – Centre Nationale d’Études Spatiales e a otimização dos processos, bem como controlar os custos associados. Pretende ainda oferecer serviços de valor acrescentado aos seus profissionais, garantindo máxima proatividade, eficácia e segurança em todo o processo.

“Estávamos à procura de um parceiro capaz de nos acompanhar na nossa transformação durante esta nova etapa. A GFI demonstrou ter a capacidade para gerir os nossos atuais serviços e, de igual modo, de compreender e traduzir em soluções os nossos desafios de transformação”, refere em comunicado Geneviève Campan, diretora dos sistemas de informação do CNES.

Aquando de um concurso lançado em 2014, o projeto foi ganho em competição direta com seis empresas especializadas em outsourcing de Tecnologias de Informação. A conquista reforça e acelera a força do grupo GFI na área de outsourcing de serviços de TI, combinando fatores essenciais de proximidade, industrialização e inovação.

O projeto envolverá uma equipa de 140 profissionais, distribuídos pelas instalações da Gfi em França, localizadas em Toulouse, Nantes e Paris.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor