Agap2IT promete reinventar a forma como se gere o futebol com aplicação móvel

Appse-MarketingInovaçãoMobilidadeSmartphones

No segundo dia do “The Future of Football”, a consultura portuguesa Agap2it, em parceira com o Sporting Clube de Portugal, apresentou o nova aplicação “Football Ism”. Em traços gerais, a plataforma digital permite visualizar e gerir a evolução desportiva dos jogadores de futebol. Outra das principais características consiste em rentabilizar o processo de seleção e formação desenvolvido pelos clubes desportivos, refere o diretor geral Filipe Esteves.

Já é a terceira edição que o clube verde e branco organiza o “The Future of Football”, um congresso internacional, cujo objetivo é o de discutir o futuro da modalidade em várias vertentes, como o próprio nome sugere. Uma delas refere-se à capacidade de utilizar novos desenvolvimentos tecnológicos como plataformas digitais, em prol da simplicidade, no que diz respeito ao trabalho dos profissionais desta área.

Nesse sentido, o último dia do evento começou com a apresentação daquilo que promete “reinventar a forma como se gere o futebol”, como o vídeo de apresentação do Football ISM indica. Desenvolvido pela agap2IT, a plataforma pretende dotar os clubes de futebol de uma ferramenta de gestão de toda a informação e processos essenciais nas mais variadas vertentes do futebol profissional e nos escalões de formação.

Durante a apresentação, Filipe Esteves, diretor geral da agap2IT,  refere que uma das principais potencialidades da aplicação móvel é o de gerir o aspeto “scouting” neste desporto. Através do “Scouting Process Organization” que permite controlar o percurso de um determinado jogador com acesso à um largo número de informações, desde a situação pessoal, clínica e legal do mesmo. O Football ISM permite acompanhar processos de observação, revelando informação do jogo e mapa do campo e avaliando jogadores referenciados.

O trabalho dos principais clubes passa pelo “scouting” de milhares de jogadores (desde os seis anos de idade em diante) e pela sua seleção e aperfeiçoamento para o futebol profissional (iniciados, juvenis e juniores) nas academias.

Em perspectiva, Portugal tem, pelo menos, 18 mil equipas e 2900 clubes a trabalhar a formação de futebol. De acordo com os dados da Federação Portuguesa de Futebol, para a temporada de 2015/2016, existiram cerca de 168 mil praticantes de futebol, futsal e futebol de praia masculinos e femininos de todos os escalões.

Apesar da ligação com o Sporting Clube de Portugal, a aplicação, destinada para smartphones e tablets promete ser uma ferramenta eficaz, ao providenciar uma avaliação quantitativa e qualitativa simplificada para rentabilizar todos os ativos na competitiva indústria do futebol.

“O know-how sustentado nas soluções que desenvolvemos permite-nos identificar setores relevantes do ponto de vista da nossa intervenção, com necessidades especificas às quais a experiência e conhecimento dos consultores da agap2IT pode trazer respostas originais”, salienta o diretor geral.

Apesar de Filipe Esteves admitir que o futebol profissional “não é uma área óbvia”, realça que os “valores de investimento e o grau de complexidade e sofisticação dos processos desenvolvidos neste contexto, torna-o um campo por excelência para a criação de soluções tecnológicas”.

No auditório Artur Agostinho, localizado dentro das instalações do estádio de Alvalade, o diretor geral mostrou o funcionamento da aplicação à plateia. Das várias opções mostradas, foi permitido ver três exemplos dos processos de scouting e da suposta rapidez e eficácia.

A aplicação já está disponível para download, por enquanto, apenas em iOs.

É de relembrar que este projeto é uma das três apostas por parte da consultora portuguesa para 2017, sendo que, no ano passado, a agap2IT conseguiu 12,6 milhões de euros de faturação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor