África e Brasil são os mais desconectados

MobilidadeNegóciosOperadoresRedesSmartphones
0 0 Sem Comentários

Um estudo encomendado pela Internet.org, ao “The Economist” revela que 70,5 milhões de brasileiros estão desconectados, não possuindo acesso a internet.

Esta pesquisa tem como base os dados fornecidos pela União Internacional de Telecomunicações,  e entrevistas com especialistas no tema. Dando origem a relatório que será revelado hoje quarta-feira dia 2 de março, no Mobile World Congress (MWC) , em Barcelona.

O Brasil é apontado como o decimo pais mais desconectado do mundo, ficando em melhor posição que Índia e China. Estas duas  nações têm 864,7 milhões e 660,9 milhões de pessoas desconectadas de internet, respectivamente. Outros países com maior população offline do que o Brasil incluem Indonésia, Paquistão, Nigéria e México.

Esta pesquisa indica ainda que, 4 bilhões de pessoas – mais da metade da população global – não tem acesso à internet. No entanto existem variantes acentuadas entre continentes : enquanto na Europa, apenas 20% das pessoas estão desconectadas, em África a pesquisa indica que 75% das pessoas não tem como acessar a internet. 

Oportunidade e inclusão 

Estes números levam a várias conclusões mas principalmente demonstram o trabalho que existe para fazer junto dos governos de alguns países. No nosso entender existe um conjunto de oportunidades que a comunidade empresarial pode criar com estas populações  proporcionando a sua inclusão. Em conjunto com a Internet.org, devem ser feitas todas as diligências para se conseguir encontra formas de resolver problemas mais pertinentes. Para muitos a questão do não acesso a Intenrt, em determinadas população, não será o maior dos problemas. No entanto o acesso livre a Internet criaria espaço para resolver com maior celeridade os problemas maiores dessas populações. Cabe as GSMA, a Internet.org e a União Internacional de Telecomunicações, fazer com que os governos destes países entendam a importância desta inclusão.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor