Adobe revela funcionalidades do serviço Document Cloud

Cloud

Assinatura eletrónica é o ponto forte do novo pacote de ferramentas da Adobe que integrará a Document Cloud, para que o tratamento de documentos não seja um impedimento para as empresas. Seguindo as pisadas de serviços de sucesso da empresa como a Creative Cloud ou a Marketing Cloud, a Adobe reforça a sua presença no

Assinatura eletrónica é o ponto forte do novo pacote de ferramentas da Adobe que integrará a Document Cloud, para que o tratamento de documentos não seja um impedimento para as empresas. Seguindo as pisadas de serviços de sucesso da empresa como a Creative Cloud ou a Marketing Cloud, a Adobe reforça a sua presença no mercado corporativo.

adobe

A Adobe anunciou, hoje, a Document Cloud, uma plataforma que deverá ser mais completa e universal no que diz respeito à criação, edição e partilha de documentos, uma das bandeiras da empresa. Em comunicado, a equipa da Adobe explica que “no coração da Document Cloud está a completamente nova Adobe Acrobat DC, que tornará e-signatures comuns ao fornecer as assinaturas eletrónicas como parte de uma solução integrada”.

Esta é, de facto, a principal novidade do serviço apresentado e a ferramenta que mais atenção tem reunido. Através do eSign, anteriormente conhecido como EchoSign, será possível eliminar a obrigatoriedade de impressão, por exemplo, de contratos para que o documento possa ser assinado e depois digitalizado. De acordo com a Adobe, este processo implica demasiado tempo que estará a ser desperdiçado dado que existem soluções mais ágeis.

A função Fill and Sign desta ferramenta permite o preenchimento automático do campo da assinatura para que em documentos futuros não seja necessário assinar cada ficheiro individualmente. Para além da assinatura, outros campos poderão ser preenchidos automaticamente como a morada ou número de telefone.

Estas novidades serão integradas nos pacotes de subscrição da Acrobat Cloud e estarão disponíveis para os utilizadores dentro dos próximos 30 dias. O objetivo é combater “o desperdício e ineficiência associados aos processos relacionados com documentos” ao mesmo tempo que é criado uma experiência unificada multiplataformas.

A Document Cloud estará, por isso, disponível em diferentes dispositivos incluindo smartphones Android e iOS, transportando as mesmas ferramentas para os múltiplos cenários para que as atividades, nomeadamente, profissionais possam ser realizadas tanto num desktop como na cloud, simplificando os processos e tornando-os mais fluídos.

Para além da extensão multiplataformas, o serviço, agora apresentado, foi desenvolvido para todos os públicos mas existem soluções especiais para empresas. De acordo com Bryan Lamkin, vice presidente senior de desenvolvimento tecnológico e corporativo da Adobe, “as pessoas e os negócios estão presos em processos baseados em documentos que são lentos e fragmentados. Enquanto a maioria das formas de conteúdo têm transitado para o digital com sucesso (livros, filmes, música), os documentos e os processos que implicam trabalhar com eles não têm conseguido o mesmo, e isso precisa de mudar”.

Por isso mesmo, a Document Cloud para empresas engloba soluções para áreas que vão da saúde a serviços financeiros ou entidades governamentais. Para os clientes corporativos, é oferecida ainda a opção de juntar o acesso à Document Cloud e à Creative Cloud na mesma conta através do Adobe Enterprise Dashboard.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor