Adobe cresce na área das subscrições cloud

Negócios

A Adobe Systems revelou que conseguiu conquistar, no segundo trimestre, um maior número de subscritores do que estava à espera, restituindo assim à empresa o crescimento das receitas pela primeira vez em seis trimestres. A Adobe está determinada a reanimar as receitas com a venda de subscrições para os seus programas, como o Photoshop, o

A Adobe Systems revelou que conseguiu conquistar, no segundo trimestre, um maior número de subscritores do que estava à espera, restituindo assim à empresa o crescimento das receitas pela primeira vez em seis trimestres. A Adobe está determinada a reanimar as receitas com a venda de subscrições para os seus programas, como o Photoshop, o Illustrator e o Dreamweaver.

adobe

A criadora de software californiana angariou 464 mil novos clientes para a sua plataforma cloud Creative Cloud Web no segundo trimestre, terminado a 30 de maio, elevando o número de subscritores para os 2,31 milhões, valor este que supera os 2,3 milhões projetados por Mark Moerdler, analista na Sanford C. Bernstein & Co.

As receitas da empresa aumentaram 5,7 por cento para 1,07 mil milhões de dólares e as suas ações no segundo trimestre chegaram aos 37 cêntimos cada uma.

Estes resultados foram inequivocamente superiores às estimativas dos analistas, que haviam previsto que as ações da empresa ficar-se-ião pelos 30 cêntimos e que as receitas não ultrapassariam os 1,03 mil milhões de dólares.

Estes valores satisfatórios vêm no encalço de cinco trimestres consecutivos de quebras nas vendas.

Assim, a Adobe tem tentado persuadir os consumidores a comprarem subscrições para as suas plataformas baseadas em cloud, estratégia esta que ajudará a empresa a estabilizar as suas receitas.

Apesar desta reformulação do modelo de negócios, de compras únicas para subscrições, ter resultado em vários trimestres de declínio das vendas, o diretor executivo da empresa de software Shantanu Narayen mostra-se disposto a navegar um pouco mais por um mar revolto para reacender a procura por aplicações como o Photoshop.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor