Ações da Apple caiem e Icahn compra mais 500 milhões

EscritórioMac

O “fundo de cobertura” bilionário Carl Icahn afirmou que comprou mais ações no valor de 500 milhões de dólares da Apple, afirmando confiança na empresa que criou o iPhone mesmo depois da mesma ter dado previsões de receita desapontantes para o atual trimestre. O investimento, o terceiro de Icahn na Apple em menos de uma

O “fundo de cobertura” bilionário Carl Icahn afirmou que comprou mais ações no valor de 500 milhões de dólares da Apple, afirmando confiança na empresa que criou o iPhone mesmo depois da mesma ter dado previsões de receita desapontantes para o atual trimestre.

Carl Icahn, a billionaire investor and chairman of Icahn EntO investimento, o terceiro de Icahn na Apple em menos de uma semana, aumenta o valor da sua percentagem na empresa para mais quatro mil milhões de dólares. Carl Icahn anunciou o investimento através da sua conta no Twitter enquanto a transação das ações da Apple desceram oito por cento depois o relatório trimestral, que renovou as preocupações de Wall Street sobre a maturidade do mercado de smartphones.

Carl Icahn disse à Reuters que o declínio das ações da Apple representou “uma grande oportunidade” para aumentar a sua posição. “As ações da Apple são muito baratas.”, afirmou.

Icahn tem postado no Twitter todos os novos investimentos que tem feito na Apple desde quarta-feira, quando comprou 500 milhões de dólares em ações que aumentou a sua posição para três mil milhões, tendo feito novamente na quinta-feira.

Ontem, Carl Icahn “tweetou” que tinha acabado de comprar 500 milhões de dólares em ações da Apple. “A minha compra parece estar neck-and-neck com o programa de compra da apple, mas espero que eles ganhem a corrida”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor