Academia Digital everis já formou mais de 200 jovens portugueses

GestãoSkills

A everis está a investir na formação dos jovens portugueses em competências digitais e a sua Academia Digital já formou mais de 200 alunos de escolas secundárias, centros técnicos, politécnicos e universidades.

A empresa já realizou 17 formações abordando as áreas em que existem maiores défices e ,consequentemente, maior procura como é o caso de programação em .Net, Java, OutSystems, Cobol, PL-SQL, TIA.

A Academia Digital é, também,  uma importante ferramenta de valorização e recrutamento de talentos, sendo que a companhia já contratou 89 alunos após os mesmos concluírem a formação. A everis estima que este ano sejam contratados mais 40 colaboradores provenientes da academia.

“O nosso compromisso com o mercado português passa por potenciar os benefícios que as tecnologias podem trazer aos nossos clientes, contribuindo para aumentar a competitividade das empresas portuguesas e colocá-las na vanguarda da economia digital”, refere Miguel Teixeira, CEO da everis Portugal.

A aposta passa também pela reorientação de profissionais de outros cursos para áreas em que existe uma procura crescente de profissionais, ajudando a estimular o mercado de trabalho, quer em Portugal, quer na Europa.

“No século XXI, num mundo em que a tecnologia é transversal, saber programar – ou pelo menos ter consciência do que nos permitem fazer as linguagens de programação – está a tornar-se tão relevante como saber ler e escrever. Conceitos como big data ou machine learning têm aplicação em todos os setores que possamos imaginar, desde a medicina à aeronáutica, passando pela banca, pelo que queremos ter os melhores profissionais e a melhor capacidade de resposta em todas as áreas em que os nossos clientes possam atuar, mas estamos igualmente a dar resposta às dificuldades que existem na Europa em encontrar profissionais com o tipo de conhecimentos que hoje se tornaram fundamentais”, sublinha o responsável.

A Academia Digital everis tem já agendadas três novas sessões que deverão abranger mais de 50 estudantes. Além disso, a  empresa dará apoio à ‘cadeira’ de Transformação Digital, no Instituto Politécnico de Setúbal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor