93% dos consumidores preferem autenticação biométrica nos pagamentos

e-Marketinge-PaymentSegurança

A Mastercard, o Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Oxford e a Opus Research  realizaram o relatório “Biometria em dispositivos móveis aplicado a serviços financeiros: um enquadramento com cinco factores” que quer ajudar as instituições financeiras a implementar a biometria para validar pagamentos ou outros serviços financeiros, dado que esse é um desejo da maioria dos consumidores.

A pesquisa indica, ainda, que, apesar de 92% dos profissionais da banca desejar adoptar a tecnologia biométrica, a execução é inconsistente e apenas 36% dos decisores relevantes sentem que têm uma experiência adequada para implementar este tipo de autenticação.

“Uma biometria em dispositivos móveis eficaz, inserida numa experiência mais vasta de serviços financeiros centrados nos consumidores, permite que as pessoas acedam, de forma imediata, às suas informações financeiras e efectuem pagamentos. A tendência é a de um futuro livre de passwords, onde a identidade digital será sobre sobretudo quem somos e não o que nos lembramos”, referiu Ajay Bhalla, presidente de Global Enterprise Risk & Security da Mastercard

Os resultados do relatório revelam que o desempenho, a usabilidade, a interoperabilidade, a segurança e a privacidade do utilizador são os temas chave que os bancos têm de dominar para que seja possível introduzir pagamentos com autenticação biométrica em larga escala.

“Este enquadramento é fundamental para acelerar a implantação do uso dos dados biométricos em dispositivos móveis, tanto para os consumidores como para a indústria, sendo que a colaboração tem um papel basilar para o sucesso da adesão. Só teremos sucesso se a indústria, as universidades, os governos e os fornecedores de tecnologia perceberem e contribuírem para a evolução do Enquadramento de Cinco Factores para a biometria em dispositivos móveis”, acrescentou o executivo.

A Mastercard já possui uma solução que pretende ajudar as entidades bancárias a fazer esta transformação. O Mastercard Identity Check Mobile, que está disponível em vários países por todo o mundo, incluindo Portugal, permite identificar os titulares de cartões através da impressão digital usando o leitor dos smartphones ou através de tecnologia de reconhecimento facial, por via de uma selfie.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor