Portugueses vendem proteção de websites por todo o mundo

Negócios

Foi desenvolvido para mitigar o problema do Man-in-the-Browser, que tem originado um alto índice de fraude na banca online.

Com apenas uma semana no mercado, a proteção de websites mais eficiente a nível mundial, alcançou o seu record de vendas. A segunda versão da solução desenvolvida pela AuditMark, empresa incubada no UPTEC, apresentou um acréscimo de registos quatro vezes mais elevado. Pedro Fortuna, CTO da empresa, considera que “estes valores são muito positivos”, e acrescenta, ainda, que “o objetivo é, pelo menos, multiplicar por 10 o volume de vendas mensal da empresa.”
De forma a possibilitar a experimentação gratuita do serviço, a AuditMark disponibiliza uma versão Trial do JScrambler 2.0, que pode ser utilizada de forma ilimitada.
 
A solução analisa a linguagem JavaScript do website, percetível por qualquer pessoa, e ofusca-a, criando um código completamente incompreensível para humanos, ao mesmo tempo que mantem as funcionalidade originais e não prejudica o seu desempenho.
 
AuditMark é uma empresa especializada em proteção de aplicações web, tendo além do JScrambler, desenvolvido o produto Active Website Protection (AWP). O AWP é vocacionado para detetar alterações a páginas de websites em que a segurança é crítica. Foi desenvolvido para mitigar o problema do Man-in-the-Browser, que tem originado um alto índice de fraude na banca online.


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor