84% dos Portugueses acreditam que carros autónomos serão uma realidade em breve

Inovação
0 0 Sem Comentários

Um estudo mostra que 61% dos portugueses estão dispostos a comprar um carro 100% autónomo, uma média que é a maior da Europa.

Os portugueses são os que mais acreditam que carros conectados e autónomos poderão trazer uma realidade com trajetos otimizados, mobilidade mais eficiente e inclusiva e redução dos impactos negativos para o ambiente. É o que mostra um estudo feito pelo Observador Cetelem sobre o futuro do mercado automobilístico divulgado no âmbito da Semana Europeia de Mobilidade, que acontece de 16 a 22 de setembro.

De acordo com o levantamento, 84% dos portugueses estão convencidos de que este cenário se tornará cada vez mais real, um número superior à média europeia que é de 75%.

Hoje, cidades e condutores já beneficiam da tecnologia aplicada à mobilidade urbana, com navegação GPS e navegação em tempo real integradas em diversas marcas de automóveis, otimizando o tempo de percurso, diminuindo os consumos e limitando as emissões poluentes.

Entre os critérios mais valorizados pelos portugueses estão a redução do consumo de combustível (para 76% dos entrevistados), a otimização do trajeto (54%) e a preocupação com o ambiente (27%), mas a segurança das pessoas e dos veículos ainda é o principal atrativo (78%).

Para os motoristas portugueses, funcionalidades comuns como o GPS ou o computador de bordo já estão a alterar o seu quotidiano, em especial em termos de tempo de percurso (para 87%), quilómetros percorridos (76%), número de deslocações (49%) e escolha do meio de transporte (46%).

Para o diretor de marketing da Cetelem, Diogo Lopes Pereira, as expectativas para os veículos conectados, que em breve passarão a ser autónomos, são altas. “A evolução da tecnologia automobilística será responsável por algo fundamental na nossa sociedade: uma mobilidade mais sustentável e inteligente. Menos tráfego, mais espaço para os peões, mais segurança e melhor ambiente. A mudança, embora gradual, está a ser bem recebida pelos portugueses, que são mesmo dos europeus mais receptivos a novas formas de mobilidade, mais económicas e ecológicas”, avalia.

Para 84% dos portugueses, o carro totalmente autónomo será uma realidade e 44% mostram-se interessados na utilização de um veículo sem condutor. Entre os europeus, somos também os mais entusiastas em relação ao Google Car e ao Apple Car, com 61% dos entrevistados a afirmar que estariam prontos para adquirir um dos dois veículos.

O estudo foi feito durante o mês de julho de 2015 com a participação 8500 pessoas que adquiriram um veículo nos últimos cinco anos. A Cetelem contou com a colaboração da empresa de estudos e consultoria BIPE e com a TNS Sofres. Foram ouvidos consumidores de quinze países – África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, China, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México, Polónia, Portugal, Reino Unido e Turquia.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor