Empresa portuguesa fornece software ao Exército dos EUA

Negócios

Nunca dizem que é caro”, salientou.

OutSystems

Fundada em 2001, a OutSystems emprega atualmente cerca de 140 pessoas, a maior parte na sede, em Lisboa, 22 no polo de Proença-a-Nova e cerca de 30 fora de Portugal.

A empresa é 100 por cento portuguesa, financiada por capi

“Foi uma sorte provocada. A nossa máquina de marketing trabalha muito bem”, disse à agência Lusa o fundador e presidente executivo da OutSystems, Paulo Rosado, explicando que foi a própria U.S. Army que contactou a empresa, depois de concluir que tinha “a única solução possível” para a consolidação dos centros de dados informáticos do exército norte-americano.

Agile Platform
A solução “milagrosa” da OutSystems é a Agile Platform, ferramenta informática premiada internacionalmente que permite às empresas desenvolver, alterar e atualizar redes de aplicações Web “10,9 vezes mais rapidamente” do que qualquer outra.

“O que aconteceu foi que um dos departamentos fulcrais de informática dentro do Exército dos Estados Unidos estava à procura de uma solução que lhe permitisse fazer a consolidação de todos os ‘data centers’ do exército”, afirmou Paulo Rosado, destacando a dimensão “absolutamente gigantesca” do projeto.

O administrador reconheceu que a atenção manifestada pelo exército norte-americano surpreendeu a própria OutSystems, mas salientou que o interesse também demonstra que a empresa tem “um dos posicionamentos no mercado mais agressivos e mais inovadores”.

“Depois de terem feito uma análise profunda da nossa plataforma e do nosso site, contactaram-nos a dizer assim: ‘Vocês têm a única solução possível para este problema’. Ficámos um bocado surpreendidos. Acabou por ser o próprio Exército dos Estados Unidos que se vendeu a si mesmo”, referiu.

A Agile Plataform, recentemente atualizada para a versão 6.0, é uma base de programação rápida, já com mais de 20 mil instalações em empresas de 22 setores de atividade.

Além da rapidez e flexibilidade, a utilização contínua da Agile Platform permite também uma “redução drástica de custos de manutenção”, realçou Paulo Rosado.

“O seu valor torna-se cada vez maior à medida que é utilizado. Os clientes mais antigos são aqueles que mais valor dão à plataforma. E aqueles que menos vontade têm de discutir connosco preços. Nunca dizem que é caro”, salientou.

OutSystems

Fundada em 2001, a OutSystems emprega atualmente cerca de 140 pessoas, a maior parte na sede, em Lisboa, 22 no polo de Proença-a-Nova e cerca de 30 fora de Portugal.

A empresa é 100 por cento portuguesa, financiada por capital de risco pela InovCapital e Espírito Santo Ventures.

Paulo Rosado afirmou que a OutSystems espera ultrapassar brevemente os 70 por cento de faturação no mercado externo.

 


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor