Anturio aposta nos mercados externos em 2016

EmpresasNegóciosProjetos

No último ano, a anturio cresceu 50 por cento só em Portugal, tendo a sua faturação ascendido a um milhão de euros. Como parte da sua estratégia de expansão internacional, a empresa está igualmente presente em Angola, Moçambique e no Brasil.

O ano de 2015 foi um ano de forte investimento por parte da anturio, nomeadamente no escritório de Moçambique.

A presença da anturio na ilha da Madeira contou ainda com um forte investimento, nomeadamente novas instalações, uma nova equipa e novas funções, sobretudo de suporte a alguns dos maiores clientes da empresa.

Este ano foi também fértil em novos clientes, sobretudo “grandes empresas na área da construção e focadas na exportação”, refere, em nota de imprensa, Duarte Freitas, CEO da anturio. “Esta é uma das áreas que dominamos e em que estamos a dar uma resposta rápida e competente aos projetos que ganhamos, pelo que é com naturalidade que vamos angariando novos clientes, como a Rodio Portugal e a Tecnicontrol”, afirma o CEO.

Entre os novos projetos, destacam-se aqueles que implicam soluções verticais anturio, sobretudo as relacionadas com o conceito de ERP Web Online, apresentadas em novembro, no evento anual da empresa, que teve lugar no Estádio da Luz, em Lisboa.

“O negócio na área dos ERPs é alimentado pela necessidade de cada empresa tornar o seu negócio mais eficiente, com acesso a informação, de forma rápida, para poder tomar melhores decisões”, salienta Duarte Freitas. “O ERP online permite exatamente isso, com a vantagem de ser em mobilidade”.

De acordo com a anturio, a empresa estima chegar aos 1,5 milhões de euros de faturação em 2016, apostando forte em soluções em mobilidade e no “new business” nas várias áreas de atuação onde se move.

A nível internacional, a aposta da empresa vai incidir sobre o mercado moçambicano, como avança Duarte Freitas: “vamos consolidar os investimentos efetuados em 2015, sendo a grande aposta sempre em Moçambique, onde temos equipa, instalações e outros ativos que vamos rentabilizar. Para 2016, vamos apostar numa equipa de vendas especializada e num novo escritório. Está também em cima da mesa o plano de expansão de projetos na Europa e no Médio-Oriente com outro tipo de soluções. Teremos novidades para meados de 2016”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor