Utilizadores têm dificuldade em separar-se dos seus smartphones

Segurança
1 0 Sem Comentários

Segundo um estudo levado a cabo pela Kaspersky Lab e B2B International, 88 por cento dos utilizadores guardam informação importante, confidencial e, muitas vezes, insubstituível nos seus smartphones, incluindo passwords, mensagens, fotografias, contactos, ficheiros, etc. Um quarto dos utilizadores afirma que guarda informação nos seus dispositivos que não gostaria que fosse vista por mais ninguém além de si.

Adicionalmente, é evidenciado que os utilizadores demonstram que têm dificuldade em separar-se dos seus smartphones, confessando que os utilizam em qualquer parte, como na cama, no trabalho, no carro, nos transportes públicos e até na casa de banho.

O estudo da Kaspersky Lab mostra que só 26 por cento dos utilizadores adaptam as suas atividades online quando estão numa rede Wi-Fi pública insegura, apesar de correrem o risco de, desta forma, verem os seus dados e passwords intercetados.

É igualmente revelado que um pouco mais de metade dos utilizadores aproveita as medidas de segurança que vêm com o smartphone, tais como a função de localização do dispositivo ou o bloqueio remoto.

Ainda de acordo com o estudo, 25 por cento dos utilizadores cujo dispositivo se perdeu ou foi roubado descobriram que a sua informação pessoal ou secreta acabou por ser roubada.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor