Facebook ‘acrescenta’ hardware para formação de redes neurais

e-MarketingEmpresasNegóciosProjetosRedes SociaisSoftware

O Facebook está a lançar o seu hardware de próxima geração para formação de redes neurais, chamado ‘Big Sur’. A rede social está também a contribuir com este hardware para o projeto ‘Open Compute’ para que outros possam beneficiar dos seus projetos.

Ao longo dos últimos anos, o Facebook tem criado componentes de infraestrutura abertas e de design e tem desenvolvido um software que é capaz de ler histórias, responder a perguntas, jogar jogos e até mesmo aprender tarefas não especificadas.

Agora, pela primeira, a rede social irá ‘acrescentar’ hardware, fornecendo um modelo que, segundo a mesma, permite a outras organizações configurarem uma infraestrutura IA, sejam estas startups, académicas ou de grandes empresas.

Em colaboração com a NVIDIA, o ‘Big Sur’ pretende ser duas vezes mais rápido que a geração anterior do Facebook. O hardware pretende ainda ser mais versátil e eficiente do que as soluções off-the-shelf de gerações anteriores, otimizado para uma eficiência térmica e com energia.

De acordo com o comunicado de imprensa, a equipa de pesquisa AI (FAIR) do Facebook está também a triplicar o seu investimento em hardware GPU, à medida que a empresa se concentra ainda mais em pesquisa e permite a outras equipas em toda a empresa, utilizarem redes neurais nos seus produtos e serviços.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor