Closer inicia processo de recrutamento

Business IntelligenceData-StorageSoftware
0 0 Sem Comentários

Para fazer face ao seu crescimento nacional e internacional, a Closer tem em curso um programa de recrutamento com 12 vagas já em aberto e outras 28 para os próximos seis meses, não só para Portugal como também para projetos na Alemanha, Espanha, Inglaterra, Dinamarca, Suécia e Brasil. As vagas disponíveis incluem Consultores Microsoft e Open Source (.Net e Java), Consultores de Business Intelligence/Analytics (Microsoft BI, SAS), Consultores de Mobilidade (iOS, Android, WP) e Data Scientists.

Para fazer parte da equipa da Closer, a empresa diz ser necessário ser apaixonado por tecnologia, compartilhar os valores da empresa e identificar-se com a sua missão, bem como ser licenciado numa faculdade de referência (Engenharia Informática, Matemática, Física ou Gestão de Informação), ser pró-ativo, ter boa capacidade de comunicação e organização e ser fluente em inglês.

“Desde a criação da Closer, respeitamos e seguimos todos os dias um dos princípios fundamentais: tratar as outras pessoas da forma como gostaríamos de ser tratados”, refere, em nota de imprensa, Woitek Szymankiewicz, parceiro da Closer.

Segundo refere a empresa, a sua aposta passa pela estabilidade e crescimento sustentado de todos os seus colaboradores. O seu objetivo é providenciar um plano de carreira estruturado, transparente e justo, partilhar o sucesso da empresa e proporcionar um ambiente criativo, dinâmico e informal onde as pessoas se sintam valorizadas. A empresa aposta ainda na inovação, o que permite que as equipas lidem diariamente com projetos desafiantes e as mais recentes tecnologias.

O processo de recrutamento justifica-se “com o crescimento da Closer tanto em Portugal como além-fronteiras, e com a aposta na inovação, que leva à procura de novos colaboradores que queiram fazer parte da nossa missão – Desafiar a Complexidade”, salienta Woitek Szymankiewicz.

Sobre a forma como está a correr o negócio em 2015, Woitek Szymankiewicz reforça que “está a ser um ano muito positivo para a Closer. Além do crescimento sustentado em Portugal e a expansão internacional, continuamos com a nossa política de inovação e a aumentar a quota de mercado, nomeadamente nas áreas de Advanced Analytics, Business Intelligence e desenvolvimento de software. Pela sua importância, destaca-se ainda a compra de 100 por cento do capital da Red Zebra Analytics (uma empresa inglesa premiada pela sua plataforma de fidelização de clientes com base em cartões bancários). Para continuar a crescer e ao mesmo tempo oferecer melhores condições de trabalho aos colaboradores, a Closer em Lisboa investiu num escritório com o dobro do espaço nas Amoreiras”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor