“Capítulo Português” participa na coordenação da região EMEA

CloudData CenterEmpresasNegócios
0 0 Sem Comentários

O Capítulo Português da International Association of Microsoft Channel Partners (IAMCP) foi eleito para participar a nível da coordenação da região EMEA, através da inclusão na equipa de gestão da região.

IAMCP representa os melhores parceiros Microsoft a nível global e está presente em mais de 40 países, contando já com 40 parceiros inscritos e ativos a nível local. O principal objetivo da IAMCP é apoiar o desenvolvimento do negócio dos seus membros, através da criação de um conjunto de sinergias entre todos, tendo em vista o crescimento destes, bem como do mercado das TI. Neste sentido, têm sido desenvolvidos esforços para reforçar a representatividade de parceiros e a ligação à Microsoft, potenciando oportunidades de negócio.

A coordenação de programas IAMCP em que o Capítulo Português passará a estar mais proximamente envolvido abrangem determinadas tipologias de parcerias, nomeadamente, a nível da Educação e aceleradores CSP (Cloud Solution Provider), entre outros. Esta proximidade irá permitir o envolvimento de parceiros portugueses nas redes internacionais, bem como uma maior proximidade à equipa de gestão Microsoft, através da amplificação de mensagem desta comunidade.

As empresas participantes na rede IAMCP têm a oportunidade de participar na organização dos programas da Microsoft, de modo a comunicar com a comunidade tecnológica global. Ao mesmo tempo, a rede IAMCP pretende impulsionar o crescimento conjunto e desenvolvimento de negócios entre parceiros.

Em relação às principais iniciativas desenvolvidas no biénio, estas estão centradas em duas traves mestras – a internacionalização e a capacitação em áreas não tecnológicas – marketing, comercial, entre outras.

Em termos da evolução da associação a nível local, a Microsoft estima que por cada euro que vende, os parceiros acrescentam cerca de nove euros, sendo que a comunidade pode-se estender até quatro mil empresas e a muitas dezenas de milhares de empregos tecnológico. A nível global, um estudo da IDC revelou que os parceiros IAMCP geram entre si dez mil milhões de dólares em negócios P2P (Partner to Partner) e que as empresas no ecossistema que são partner-friendly crescem 20 por cento acima das restantes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor