“Seeds for the Future”: o investimento na próxima geração

EmpresasNegócios
0 1 Sem Comentários

A Huawei anunciou que irá formar dois mil estudantes europeus a partir de 2016 até 2020 através do seu programa de talentos de elite “Seeds for the Future”. Este compromisso, anunciado pela administradora da Huawei, Chen Lifang, representa a contribuição da empresa para o European Pact for Youth e confirma a contínua aposta da empresa em complementar as e-skills dos estudantes europeus mais promissores. Esta iniciativa marca a evolução da atividade da Huawei focada no desenvolvimento de competências “flagship” que tem vindo a crescer continuamente desde do seu lançamento na Europa em 2011.

A comunicação foi realizada durante a reunião de líderes da UE, executivos nível-C e especialistas em Responsabilidade Social Corporativa em Bruxelas para o Enterprise 2020 Summit (16 e 17 de novembro), organizado pela CSR Europe e apoiada pela Huawei. O evento analisa como é que as empresas podem utilizar inovação para oferecer o máximo de benefícios à sociedade. O European Pact for Youth vai dirigir este processo criando oportunidades de formação prática, que vão ajudar a diminuir a discrepância entre o que é ensinado em sala de aula e as capacidades necessárias para uma economia europeia digital moderna. O seu objetivo é dinamizar as parcerias entre a formação e as empresas, ajudando a preparar os jovens para um ambiente de negócios digital, fornecendo-lhes as capacidades necessárias para serem bem-sucedidos num mercado de emprego cada vez mais globalizado e impulsionado por tecnologia.

Seeds for the Future”, o programa mundial de Responsabilidade Social Corporativa da Huawei, é o pilar dos esforços da empresa para enfrentar o desafio das e-skills. Este programa de talentos de elite na área das TIC involve selecionar estudantes com talento na área para uma visita de estudo à China. Os participantes poderão adquirir conhecimento em primeira mão sobre o trabalho de uma empresa multinacional que opera a nível da área das Tecnologias de Informação e Comunicação, recebendo uma experiência multicultural, bem como de formação linguística.

O programa atualmente abrange 57 países por todo o mundo. Só 23 são na Europa, mas mais de 500 jovens participaram no programa desde do seu lançamento na Europa em 2011. Durante os próximos cinco anos, dois mil estudantes europeus vão estudar e ganhar experiência na sede da empresa na China, destacando o compromisso da Huawei em levar esta iniciativa ao próximo nível. A comunicação de ontem reflete também o compromisso da empresa sobre o investimento contínuo numa Europa próspera e digitalizada – paralelamente ao seu compromisso de investimento anual fixo de10 por cento em I&D.

Outra iniciativa da Huawei é a promoção da educação em Tecnologias de Informação e Comunicação na Europa, o que inclui a competição InnoApps, encorajando os jovens europeus a desenvolver aplicações móveis, e o programa de investigação e inovação da Huawei (HIRP), através do qual a empresa estabeleceu parcerias com 120 universidades e centros de consultoria e investigação na Europa. Em 2014 a Huawei juntou-se ao Comité Europeu de e-skills para a campanha de empregos.

O Enterprise 2020 Summit segue o lançamento do Manifesto da CSR Europe Enterprise 2020, em junho de 2015, que convidou os decisores europeus para demonstrar liderança na promoção do crescimento sustentável e em criar uma sociedade inclusiva. Atuando como um parceiro e um cidadão corporativo responsável da Europa, a Huawei está numa posição de liderança para ajudar a conduzir este processo.

Em Portugal, a primeira edição do programa “Seeds for the Future” foi implementada em julho deste ano após a assinatura de um Memorando de Entendimento com a AICEP. Doze estudantes universitários do Instituto Superior Técnico, Universidade de Leiria e Instituto Politécnico de Leiria, foram selecionados para uma viagem de duas semanas à China, com uma imersão cultural em Pequim e de introdução ao mandarim e uma visita ao campus da Huawei em Shenzhen, onde os estudantes poderam experienciar o ambiente de trabalho de uma gigante na área das tecnologias de informação e comunicação.

A cerimónia oficial de encerramento do programa teve lugar em Shenzhen, no dia 31 de julho e contou com a presença do Dr. Miguel Frasquilho, presidente do Conselho de Administração da AICEP em visita aos headquarters da Huawei.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor