Closer leva Advanced Analytics à Turquia no âmbito do G20

NegóciosProjetos
0 3 Sem Comentários

A Closer foi convidada para participar no Global SME Finance Forum 2015, um evento integrado na agenda do G20 que reúne líderes de instituições financeiras e empresas de TI de todo o mundo ligadas ao setor financeiro. O objetivo desta iniciativa, que tem lugar de 15 a 16 de novembro, em Antalya, Turquia, passa por tentar compreender quais as melhores formas das instituições financeiras ajudarem a alavancar o potencial das Pequenas e Médias Empresas (PME).

Attul Sehgal, CEO da Red Zebra Analytics, é um dos oradores convidados do evento que junta representantes de mais de 300 instituições globais e reguladores do setor financeiro para partilhar conhecimento e potenciar contactos entre executivos de topo. A iniciativa contará ainda com novidades sobre tecnologias inovadoras que podem acelerar a economia das PME e uma área de exposição onde a Closer/Red Zebra também estará presente.

O convite a Attul Sehgal foi motivado pelos projetos de potenciação de PME que a Closer tem em curso, nomeadamente em termos de loyalty. “O modelo original da plataforma Red Zebra está baseado em potenciar o engagement do cliente final com as PME, através de cartões bancários e formar pequenas economias competitivas”, declara João Pires da Cruz, partner e co-fundador da Closer. “Permite disponibilizar aos clientes das PMEs as ofertas, os descontos e os programas de fidelização que até então só as grandes empresas tinham capacidade de suportar”, acrescenta.

“Ao longo dos dois dias do evento pretendemos demonstrar as potencialidades de Advanced Analytics de acordo com a nossa experiência de mais de 10 anos a criar modelos e algoritmos para tornar as organizações mais eficientes e rentáveis”, aponta João Pires da Cruz. “Temos um laboratório empresarial de I&D com mais de 7 PhD em áreas como a física, a economia e a matemática; o conhecimento profundo do negócio financeiro; e a tecnologia que permite materializar as soluções que apresentamos para as ‘dores’ dos nossos clientes. É a junção destas  três vertentes que representa a nossa proposta de valor e nos torna únicos e diferenciadores a nível mundial”.

O segredo dos projetos da Closer nesta área reside, sobretudo, no ROI imediato dos projetos. “A grande parte dos modelos paga-se desde logo com base nas poupanças que as organizações têm. Por exemplo, num banco é possível atingir um aumento de 5 por cento nas vendas e uma redução de 15 por cento nas provisões, o que pode equivaler a milhares de milhões de euros”, conclui o responsável.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor