Ericsson e Cisco unem-se para criar redes do futuro

Base de DadosCloudData-StorageEmpresasMobilidadeNegóciosRedesSoftware

A Ericsson e a Cisco anunciaram hoje um negócio global e uma parceira tecnológica para criar as redes do futuro. 


A relação multifacetada vai oferecer aos clientes o melhor das duas empresas: routing, centros de dados, redes, cloud, mobilidade, gestão e controlo, assim como serviços a uma escala global. Juntas, as empresas planeiam disponibilizar valor ao cliente ao:

  • Oferecer aos clientes prestadores de serviços um portefólio de produtos e serviços ponta-a-ponta e uma inovação conjunta que acelera os novos modelos de negócio;
  • Criar uma experiência empresarial móvel para o futuro através de uma arquitetura tecnológica de elevada segurança para redes de interiores/exteriores;
  • Canalizar a escala e a inovação combinadas de ambas as empresas para acelerar as plataformas e os serviços necessários para a digitalização dos países e para fomentar a Internet das Coisas.

Num mundo baseado na mobilidade, na cloud e na digitalização, as redes do futuro vão necessitar de novos princípios de desenvolvimento para assegurar que são ágeis, autónomas e altamente seguras. A Ericsson e a Cisco vão responder a este desafio juntas ao oferecerem uma liderança ponta-a-ponta transversal às arquiteturas de rede, incluindo no 5G, cloud, IP e na Internet das Coisas – desde equipamentos e sensores para acesso e redes principais para a cloud IT empresarial. Os clientes poderão acelerar a transformação do seu negócio beneficiando das capacidades complementares das empresas, incluindo os serviços globais como a consultoria, a integração e o suporte para operações geridas em TI e redes.

O anúncio de hoje foi suportado por vários acordos que incluem compromissos de transformação de redes através de arquiteturas de referência e desenvolvimentos conjuntos, gestão e controlo baseados em sistemas, um acordo alargado no âmbito da revenda, e colaborações em segmentos de mercado emergentes considerados chave. As companhias acordaram ainda em discutir as políticas FRAND e em estabelecer um acordo de licenciamento no que respeita aos seus respetivos portefólios de patentes, permitindo assim uma inovação conjunta sem precedentes e conferindo ainda mais confiança aos clientes de ambas as organizações. Como parte do acordo, a Ericsson vai receber taxas de licenciamento por parte da Cisco.

Esta parceria estratégica será um fator fundamental de crescimento e de valor para a próxima década. Cada empresa irá beneficiar de receitas incrementais no ano de calendário de 2016 e espera-se que essas receitas atinjam mil milhões de dólares (ou mais) até 2018. São ainda esperadas novas e maiores oportunidades, já que a parceria permite que ambas as empresas combinem esforços e investimentos para facultarem maior valor nos mercados em crescimento.

Equipas de ambas as companhias também vão começar a trabalhar numa iniciativa conjunta focada em SDN/NFV e em gestão e controlo de rede.

A Centerview Partners forneceu suporte à parceria estratégica.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor