Cuidado com os cibercriminosos!

Segurança

Para além disso, o uso de ficheiros html que, ao serem abertos levam o utilizador ao website dos spammers, é outra tática dos cibercriminosos.
 
A realidade é que, nos últimos meses, tem aumentado a quantidade de mensagens com redirecionamentos, por isso, esteja atento e seja cauteloso!

O redirecionamento nas mensagens de e-mail maliciosas é uma prática cada vez mais comum entre os cibercriminosos. Ao clicar num link de spam, os receptores da mensagem passam por uma série de websites, antes de chegar ao seu destino final. E isto acontece porquê? A razão mais frequente para a utilização destes redirecionamentos é ajudar os spammers a ocultar os dados, que permitem ao filtro antispam identificar a mensagem como não desejada.
 
Os links são um dos truques mais utilizados pelos cibercriminosos. Normalmente, ao clicar neste tipo de links, o utilizador chega a uma página, a partir da qual os spammers redirecionam-no para o website pretendido. O recurso intermediário pode ser uma página num website, comprometido pelos spammers ou, ainda, um website criado especificamente para este efeito.
 
O encurtamento de links, outro método simples de mascarar os links de spam, permite aos spammers criar com rapidez um link camuflado, que conduz ao website malicioso. Para além disso, o uso de ficheiros html que, ao serem abertos levam o utilizador ao website dos spammers, é outra tática dos cibercriminosos.
 
A realidade é que, nos últimos meses, tem aumentado a quantidade de mensagens com redirecionamentos, por isso, esteja atento e seja cauteloso!


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor