Microsoft lança nova edição da Kodu Kup Portugal

Projetos

A Microsoft Portugal lançou uma nova edição da Kodu Kup dirigida aos alunos do 3º e 4º ano das escolas do primeiro ciclo do ensino básico que participam no projeto Introdução à Programação. Desenvolvida em parceria com o Ministério da Educação e Ciência, a iniciativa vai impactar cerca de 25 mil alunos a nível nacional, num total de 225 agrupamentos de escolas e mais de 1223 turmas e 578 professores.

De uma forma lúdico-pedagógica, a Kodu Kup pretende estimular o interesse e a iniciação dos mais jovens no mundo da programação, bem como promover o desenvolvimento da literacia e competências digitais, a par da colaboração e pensamento inovador. Integrada no programa curricular, a iniciativa prevê uma a duas horas semanais de aulas de programação, no âmbito das quais os alunos serão desafiados a criar jogos e capas diferentes e inovadoras.

Para participar no Kodu Kup, os alunos têm de pertencer às escolas que fazem parte do projeto de Introdução à Programação, e constituir equipas de pelo menos quatro elementos, todos da mesma escola. Com o apoio do professor coordenador do projeto, cada equipa tem até 10 de abril de 2016 para concorrer com o seu jogo e capa à competição nacional.

A criatividade e o aspeto visual da capa, a complexidade e experiência proporcionada pelo jogo, a par da sua interface visual são alguns dos critérios segundo os quais o júri irá avaliar os trabalhos desenvolvidos. O jogo premiado será aquele que reunir maior pontuação em cada escalão.

Vânia Neto, diretora para a área da Educação na Microsoft Portugal, refere, em comunicado, que “com esta iniciativa estamos a contribuir para desenvolver as competências digitais dos mais jovens e, desta forma, a prepará-los para as competências de uma sociedade cada vez mais tecnológica. Foi com enorme satisfação que apoiámos esta iniciativa da direção-geral da Educação, e que vemos agora o entusiasmo e o envolvimento dos professores e dos alunos, cumprindo o nosso objetivo de contribuir para valorizar práticas pedagógicas inovadoras que estimulam o conhecimento e criatividade destas crianças. Esperamos que este concurso seja mais um incentivo à programação junto dos mais novos”.

“Temos neste momento envolvidos no projeto mais de metade dos agrupamentos de escolas com 1º ciclo, o que revela o entusiasmo e mobilização que a Programação desperta no sistema de ensino português. No final deste ano letivo, através da monitorização e avaliação que está a ser realizada ao projeto, poderemos conhecer o seu impacto e relevância e, eventualmente, o seu alargamento a um maior número de escolas”, refere, no mesmo documento, José Vitor Pedroso, diretor-geral da Educação.

Para participar na Kodu Kup, as escolas que participam no projeto de Introdução à Programação devem submeter as inscrições dos participantes até 13 de novembro de 2015.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor