Schneider Electric promove o desenvolvimento e adoção de soluções IoT

EmpresasNegóciosProjetos

A Schneider Electric anunciou a sua colaboração multi-anual com o HKSUT-MIT Research Alliance Consortium. A Schneider Electric vai desempenhar um papel chave e com um contributo ao nível do trabalho de investigação do Consórcio no âmbito das tecnologias IoT para edifícios e transportes inteligentes. Esta pesquisa, realizada à escala mundial pela HKUST de Hong Kong e o MIT de Cambridge (EUA), destina-se a resolver os desafios que surgem nas áreas de engenharia, tais como circuitos e terminais, tratamento de sinais, comunicações e controlo, bem como na análise avançada de dados.

A parceria procura privilegiar as tecnologias IoT que melhoram as infrastruturas dos edifícios e a conetividade dos transportes. O apoio e colaboração da Schneider Electric nesta investigação demonstra o compromisso do grupo em favorecer a melhoria contínua das tecnologias. Por sua vez, estas permitem à Schneider Electric tirar partido de algumas das pesquisas avançadas na área da IoT.

Assim, a Schneider Electric junta-se a Intel, Texas Instruments e outras organizações que apoiam o HKSUT-MIT Research Alliance Consortium.

“O nosso trabalho incidirá sobre a aplicação da IoT nas arquiteturas e tecnologias atuais, e o nosso objetivo consiste em desenvolver soluções inovadoras que ajudarão a resolver os problemas na área da gestão e edifícios e transportes e, sequentemente, desenvolver aplicações práticas para a indústria”, declara, em nota de imprensa, o professor Enboa Wu, vice-presidente associado da HKUST.

As tecnologias IoT são fundamentais para segmentos de mercado chave para a Schneider Electric, como água, Oil&Gas, centros de dados, mineração, serviços públicos, assistência médica, agroalimentar e cidades inteligentes, na medida em que permitem maximizar a eficiência e sustentabilidade para os seus clientes. Através de parcerias como o trabalho realizado com o Industrial Internet Consortium e HKUST-MIT, a Schneider Electric está focada no desenvolvimento de novas tecnologias e serviços que reforçarão a inteligência, eficiência e conectividade para auxiliar os clientes a ultrapassarem estes novos desafios.

“Temos o prazer de receber a Schneider Electric nesta importante iniciativa que, não só vai permitir avançar na área da IoT como também, vai possibilitar a aproximação do conhecimento académico sobre a indústria a uma escala mundial”, afirma, no mesmo documento, Charles Sodini, LeBel professor electrical engineering do MIT.

“O nosso compromisso com o HKSUT-MIT Research Alliance Consortium constitui um importante elemento da nossa estratégia para fornecer inteligência operacional à IoT, o que contribuirá para transformar a vida de todos”, refere, em comunicado, Barry Coflan, diretor de tecnologia de EcoBuildings Division da Schneider Electric. “A colaboração entre a indústria, as universidades, centros de investigação e as autoridades públicas, será fundamental para acelerar o impacto que as IoT podem ter em muitos segmentos industriais e na nossa sociedade”, acrescenta Coflan.

Para além da colaboração com o HKSUT-MIT Research Alliance Consortium, a Schneider Electric anunciou também uma nova estratégia da marca, designada por Life is On, que é suportada pela abordagem da Schneider Electric à IoT, através da Inteligência Operacional.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor