Indra e Alstom instalam sistemas de segurança

EmpresasNegóciosProjetos

O consórcio formado pela Indra e a Alstom Espanha foi selecionado para instalar os sistemas de proteção civil e segurança nos seis túneis da Linha de Alta Velocidade entre Antequera e Granada. O contrato inclui a manutenção destes sistemas durante 42 meses.

A linha, com mais de 100 quilómetros, constitui uma infraestrutura chave no desenvolvimento do Eixo Ferroviário Transversal de Andaluzia e integra a Rede Transeuropeia de Transporte, uma das redes prioritárias para a comunicação de pessoas e mercadorias ao longo de toda a UE. Esta linha vai permitir ligar Madrid e Granada em menos de três horas.

As instalações que a Indra e a Alstom vão realizar nos túneis da linha incluem os sistemas de sinalização e iluminação de emergência, energia, comunicações, sistemas de ventilação, deteção de incêndios, fornecimento de água e sistemas de pressurização dos vestíbulos das saídas de emergência, entre outros.

A união da Indra e da Alstom Espanha neste projeto reforça a ampla experiência do consórcio em projectos similares na rede ferroviária espanhola. Em concreto, as equipas de infraestruturas de ambas as empresas foram encarregues de equipar e manter as instalações electromecânicas dos 32 túneis associados à linha Ourense-Santiago, dos túneis da variante de Pajares, bem como a manutenção dos quatro túneis da linha Madrid-Valladolid, entre os quais se encontra o de Guadarrama, o mais comprido de Espanha com 28,8 km de longitude. Além disso, atualmente a Alstom Espanha participa também na manutenção das instalações dos túneis de Abdalajís e no soterramento de Málaga na linha de alta velocidade Córdoba-Málaga.

No âmbito da sinalização ferroviária, ambas as empresas, num consórcio também com a Bombardier, implementam presentemente a sua tecnologia na linha de alta velocidade de Valladolid a Burgos e no troço Plasencia-Badajoz da linha de alta velocidade Madrid-Extremadura.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor