Estudantes ibero-americanos revelam a sua dependência por smartphones

MobilidadeSmartphones

A Comunidade de Emprego Universia – Trabalhando realizou uma nova sondagem a 5,506 jovens ibero-americanos para conhecer o nível de dependência que existe no uso dos smartphones. Segundo a sondagem, 91 por cento dos inquiridos considera imprescindível levar consigo o seu smartphone.

Um pouco mais de metade dos inquiridos (54 por cento) considera-se dependente do seu smartphone, ainda que refira usá-lo menos de 4 horas por dia.

Ao descrever as principais utilidades dos smartphones, 27 por cento dos participantes na sondagem reconhece que o uso principal se centra no recurso ao Whatsapp ou para o envio de mensagens, enquanto que para 19 por cento dos inquiridos predomina a utilização para consulta de redes sociais.

À pergunta sobre se a utilização dos smartphones conduz a distrações, 57 por cento dos inquiridos considera que sim, tendo-se deparado com situações nas quais o seu uso contribuiu para a perda de atenção em outros assuntos.

É igualmente revelado que 37 por cento assegura que voltaria atrás em caso de esquecimento, sendo que penas 9 por cento não o considera algo essencial no seu dia-a-dia.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor