Cisco apresenta nova plataforma industrial para a Internet das Coisas

EmpresasNegóciosSegurança

Cerca de 40 por cento das empresas serão deslocadas das suas posições no mercado nos próximos cinco anos, tudo em função da disrupção digital. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Global Center for Digital Business Transformation, 75 por cento dessas empresas ainda precisam de lidar com este risco, priorizando a sua estratégia digital.

Com o objetivo de auxiliar os seus clientes nesta transição, a Cisco apresenta quatro novas soluções digitais para quatro setores da indústria: manufatura, transporte, serviços públicos e óleo e gás. As soluções visam ajudar os clientes a conectarem máquinas e ativos, romper os silos de informação e digitalizar os dados de forma integrada em toda a empresa.

A Cisco lançou também um portefólio de segurança específico para a Internet das Coisas (IoT) na indústria. Os clientes poderão utilizar o novo Cisco IoT System Security e os serviços da companhia e de parceiros para mitigar o risco de interrupção de sistemas e garantir uma conformidade eficiente.

“A solução IoT System Security da Cisco traz um impacto imediato para os nossos clientes, acelerando a convergência IT-OT com uma solução de segurança de fim a fim, simplificando a conformidade e a mitigação de vetores de ameaças. Juntamente com a Cisco, estamos a permitir que as operações industriais mantenham a sua integridade e confidencialidade de rede, suportando estratégias holísticas de gestão de risco em empresas totalmente conectadas”, diz, em nota de imprensa, Sujeet Chand, vice-presidente sénior e CTO da Rockwell Automation.

Para se manterem competitivos, os setores da indústria de manufatura, serviços públicos, óleo e gás e transporte precisam de aumentar a sua produtividade, gerar maior valor e criar melhores experiências para os seus clientes e consumidores finais. Alguns dos maiores obstáculos da eficiência são os silos operacionais. Os silos separam pessoas, máquinas, sistemas, informações e áreas completas de um negócio, separam a informação da operação. Só o rompimento destes silos com uma arquitetura mais holística e integrada é capaz de conectar pessoas, facilitar a comunicação e gerar maior agilidade de operação.

Shawn Rahn, vice-presidente da Presidio, Cisco Gold Partner em IoT, refere, no mesmo documento, que “o investimento da Cisco em soluções de segurança industrial visa assegurar que os seus clientes possam estabelecer portas de acesso, atendendo a requisitos fundamentais onde quer que seja necessário. As soluções também visam disponibilizar a primeira alternativa ‘Operations Up’ para dispositivos de segurança tradicionais, priorizando o tempo de atividade e a disponibilidade do sistema.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor