Check Point deteta vulnerabilidade que afeta equipamentos Android

Segurança

Foi hoje anunciada pela Check Point Software Technologies Ltd., empresa mundial especializada em segurança, uma vulnerabilidade no Android que afeta dispositivos dos principais fabricantes, nomeadamente a LG, Samsung, HTC e ZTE. As conclusões foram apresentadas por uma equipa de investigação da Check Point, durante a feira internacional Black Hat USA 2015, que decorre esta semana em Las Vegas.

Esta vulnerabilidade, designada de Certifi-gate, permite que certas aplicações obtenham ilicitamente direitos de acesso privilegiado que frequentemente são utilizados pelas aplicações de suporte remoto, pré-instaladas no equipamento ou instaladas posteriormente. Os atacantes podem explorar esta vulnerabilidade para obter acesso ilimitado ao dispositivo, pelo que podem roubar dados pessoais, rastrear a sua localização, ativar microfones para gravar conversas, entre outras ações.

“O Android não oferece a opção de revogar certificados que proporcionam permissões privilegiadas, pelo que os dispositivos não corrigidos contra esta vulnerabilidade irão seguramente trazê-la de série”, diz a equipa de investigadores da Check Point. “Todos os fabricantes afetados foram notificados da existência da vulnerabilidade descoberta e já começaram a publicar atualizações. A vulnerabilidade não pode ser reparada, sendo que a única opção é atualizar o dispositivo com um novo software, o que representa um processo significativamente lento”.

Os utilizadores que possuam equipamentos Android terão a possibilidade de verificar se o seu dispositivo está vulnerável através do download da aplicação gratuita desenvolvida pela Check Point e disponibilizada no Google Play.

Face aos riscos que podem advir destas vulnerabilidades, como a que presentemente foi descoberta, bem como de outros ataques e aplicações maliciosas, a Check Point divulgou, na feira Black Hat 2015, o Mobile Threat Prevention. Segundo a entidade, esta é uma “solução de segurança móvel que as empresas podem utilizar para combater de forma eficaz o atual panorama de ameaças a dispositivos móveis”.

O Mobile Threat Prevention proporciona elevados níveis de detecção e neutralização de ameaças em dispositivos iOS e Android, proporcionando uma visibilidade e inteligência de ameaças em tempo real para as infraestruturas de segurança e mobilidade existentes na organização. A sua implementação é simples, e não só é proporcionada uma total integração com estas infraestruturas, como também uma experiência de utilizador transparente que mantém a privacidade e o rendimento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor