Mercado dos tablets cresce, mas Apple perde terreno

EscritórioMac

Contudo, acreditamos que o preço relativamente alto de 329 dólares deixa espaço para que os vendedores Android continuem a construir o sucesso registado».

 
Os números compilados pela International Data Corporation (IDC) mostram-nos que, entre Julho e Setembro de 2012, o mercado dos tablets aumentou 6,7%. Portanto, houve um crescimento de quase 50% relativamente ao mesmo período do ano passado.
 
Não há dúvidas de que a Apple continua a ser líder de mercado mas, apesar do aumento do número de tablets exportados a nível mundial, a sua quota sofreu uma queda de 59,7% para 50,4% entre o terceiro trimestre de 2011 e 2012. A queda revela-se ainda maior entre o segundo e o terceiro trimestre de 2012, baixando 15 pontos percentuais.
 
Contudo, foram enviados 14 milhões de iPads para as lojas, ou seja, verifica-se um crescimento de 26,1% no espaço de um ano.
 
Tom Mainelli, diretor de pesquisa da área de tablets da IDC, comenta que «acreditamos que uma percentagem considerável de consumidores interessados em comprar um tablet da Apple esperaram durante o terceiro trimestre em antecipação ao anúncio do iPad Mini. Contudo, acreditamos que o preço relativamente alto de 329 dólares deixa espaço para que os vendedores Android continuem a construir o sucesso registado».


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor