Messenger: As melhores dicas para o verão

Mobilidade

A partir de agora qualquer pessoa pode ter acesso ao Messenger e a todas as suas funcionalidades. Os utilizadores, mesmo não tendo conta de Facebook, necessitam apenas de ter um número de telefone e fazer o download do Messenger.

A página de boas-vindas da aplicação apresenta uma opção que diz “Não está no Facebook?”, sendo que, ao clicar na mesma, o utilizador poderá aceder com o seu nome, número de telefone e uma fotografia.

Com esta aplicação, os utilizadores que conversem frequentemente com o mesmo grupo de pessoas no Messenger têm a opção de marcar a conversa para uma página à qual consigam aceder facilmente. O botão Grupos aparece na parte inferior da aplicação permite marcar conversas de grupo. Dentro da página do grupo, o utilizador pode clicar no botão Marcar (Pin) no canto superior esquerdo e selecionar a conversa que que pretende adicionar. É ainda possível adicionar um nome ao grupo, em vez de estarem listados todos os nomes que fazem parte do mesmo. Para o fazer, o utilizador tem de clicar na lista de nomes do grupo que quer marcar e terá a opção de adicionar um nome ao grupo e uma fotografia ao clicar no botão da câmara. O botão de Marcar serve para concluir a personalização do grupo.

Outra das funcionalidades do Messenger passa pela escolha de enviar um mapa da localização do utilizador ou outro lugar específico de onde este quer que os seus amigos se encontrem consigo, através de uma mensagem separada no Messenger. Para ativar esta opção é preciso clicar no ícone de localização ou no botão Mais (3 pontos), no fundo do ecrã.

Adicionalmente, este serviço permite fazer chamadas de vídeo ou de voz com outros amigos no Messenger. Para tal, o utilizador deve clicar no ícone do telefone ou da câmara, no canto superior direito do ecrã, dentro da conversa. Automaticamente o Messenger ligará por voz ou vídeo outros amigos, consoante o pedido do utilizador. Este pode igualmente transformar uma chamada de voz para chamada de vídeo, clicando no ícone da câmara.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor