Os Cupertinos ainda não estão satisfeitos.

EscritórioMac

Contudo, este pode ser apenas um aviso a todas as outras marcas que têm investido em pads e smartphones no que respeita ao pagamento de royalties àquela que se considera pioneira nestes dois segmentos.

Espera-se que a Apple avance com processos contra outras marcas que se apresentem como su

Deram hoje entrada num tribunal da Califórnia novas queixas sobre a venda de oito modelos Galaxy Note. Os motivos alegados pela Apple voltam a  tocar na violação de patentes, desta vez referentes ao design da parte frontal dos aparelhos.

Os processos que têm oposto estas duas gigantes já resultaram em pesadas multas para a Samsung, mas as novas queixas feitas hoje visam mais dez milhões de equipamentos Galaxy Note. Várias fontes têm apontado como principal objetivo da Apple o condicionamento de mercado dos smartphones e tablets nos Estados Unidos da América, com a retirada da Samsung de jogo. Contudo, este pode ser apenas um aviso a todas as outras marcas que têm investido em pads e smartphones no que respeita ao pagamento de royalties àquela que se considera pioneira nestes dois segmentos.

Espera-se que a Apple avance com processos contra outras marcas que se apresentem como suas concorrentes, assegurando pelo menos nos próximos anos o monopólio das inovações nas telecomunicações.

 


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor