Indra fornece dois radares Lanza 3D à NATO

Empresas

A Indra anunciou que vai fornecer dois radares Lanza 3D de vigilância aérea de longo alcance à agência de Comunicação e Informação (NCI Agency) da NATO.

O valor deste contrato, cujo prazo de execução é de 36 meses, ronda os 22 milhões de euros. Existe ainda a possibilidade de aquisição de uma terceira unidade e material opcional, mediante o aumento do montante do contrato para os 36 milhões de euros.

Estes radares, também designados por LTR-25, vão integrar o Sistema de Comando e Controlo Aéreo (ACCS), um dos pilares do Sistema de Defesa Aérea e Antimíssil da Aliança Atlântica (NATIAMDS), que, pela primeira vez, irá unificar a gestão de todas as operações aéreas, incluindo o suporte ao planeamento e execução de missões.Radar Lanza 3D Largo Alcance

Os LTR-25 vão complementar as instalações fixas do Sistema de Comando e Controlo Aéreo da NATO, de modo a reforçar a vigilância em zonas de especial interesse e aumentar a capacidade de deteção e seguimento de mísseis balísticos.

Os sistemas foram desenhados para facilitar o transporte e instalação em terrenos não preparados.

O LTR-25, que faz parte da quinta geração da família de radares 3D em banda-L da Indra, integra o apontamento eletrónico do feixe do radar, digitalização dos dados na própria antena, técnica de monopulso em elevação e Azimut, capacidade anti-clutter e as últimas tecnologias de processamento de sinal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor