Já estão disponiveis os Serviços de Infraestrutura do Windows Azure na cloud

EmpresasNegócios

O serviço de alojamento é pago em função daquilo que é efetivamente consumido, eliminando desperdícios e evitando custos de investimento e manutenção em hardware, energia elétrica e outras despesas habituais dos datacenters.
 

A Microsoft dá também a conhecer o seu compromisso contínuo de apresentar uma relação preço/qualidade competitiva com todas as restantes ofertas de mercado incluindo a Amazon, nomeadamente nos preços relacionados com computação, armazenamento e largura de banda. Desta forma, a Microsoft assegura que os seus clientes não são obrigados a abdicar de desempenho para obter um bom preço. 
Microsoft destaca-se assim como um forte fornecedor de modelo cloud computing com a capacidade de assegurar serviços desde a infraestrutura (IaaS – alojamento dos servidores virtuais dos clientes) à plataforma aplicacional (PaaS – alojamento de aplicações), sem colocar em causa a integração e ligação com os servidores e aplicações que existem nos datacenters privados, criando assim uma oferta que permite soluções híbridas. Estende-se assim o datacenter privado com o melhor que a tecnologia cloud tem para oferecer sem perder o controlo ou a integração com aquilo que já existe. A adoção de cloud não tem que ser uma disrupção mas uma oportunidade para adicionar mais flexibilidade às TI.
Esta capacidade de extensão do datacenter privado permite alojar servidores virtuais existentes nos datacenters dos clientes e movimentá-los para a cloud mantendo as soluções a funcionar sem impacto para o negócio e para os utilizadores. O serviço de alojamento é pago em função daquilo que é efetivamente consumido, eliminando desperdícios e evitando custos de investimento e manutenção em hardware, energia elétrica e outras despesas habituais dos datacenters.
 


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor