Descoberto ransomware em jogos online

GestãoSegurança

Para quem passa parte do seu tempo ligado a jogos como Call of Duty ou MineCraft, a Kaspersky Lab não tem boas notícias. Foi descoberto um ransomware em ficheiros associados a vários jogos online e que podem ameaçar, por isso, milhões de utilizadores. As ameaças virtuais estão cada vez mais sofisticadas e, consequentemente, mais perigosas

Para quem passa parte do seu tempo ligado a jogos como Call of Duty ou MineCraft, a Kaspersky Lab não tem boas notícias. Foi descoberto um ransomware em ficheiros associados a vários jogos online e que podem ameaçar, por isso, milhões de utilizadores.

malware (1)

As ameaças virtuais estão cada vez mais sofisticadas e, consequentemente, mais perigosas levantando problemas sérios não só para as organizações como para os utilizadores domésticos. Um dos tipos de malware preferidos dos cibercriminosos é o ransomware, um ataque que implica resgate.

Os ransomware são utilizados pelos piratas informáticas que têm propósitos financeiros já que obrigam ao pagamento de uma quantia para que o sistema do utilizador seja restituído, por oposição àqueles que estão somente interessados no roubo de informações confidenciais.

O TeslaCrypt, reportado pela Kespersky Lab, constitui uma ameaça deste género e tem surgido a jogadores online. Utilizadores que joguem frequentemente Call of Duty, MineCraft, Dragon Age ou World of Warcraft, entre outros de uma lista de 40 jogos, correm o risco de encontrar um ransomware e verem bloqueados todos os conteúdos dos seus computadores.

Os ficheiros são encriptados para que, depois, possa ser pedido um resgate de 500 dólares a ser pago em bitcoins. Caso as vítimas optem por pagar através de PayPal, a quantia sobre para mil dólares. Após o pagamento, os cibercriminosos entregam, então, uma chave que deverá resolver o problema mas os utilizadores recebem apenas mais conteúdos infetados.

O TeslaCrypt utiliza a encriptação AES (Advance Encryption Standard) e obriga os afetados a descarregarem o Tor Browser Bundle para que os ficheiros fiquem livres, prolongando a cadeia de vírus.

A quem se queira defender deste ransomware, é aconselhado que instale programas de defesa que combatam este tipo de ameaças e que protejam de modo eficaz o sistema. Para além disso, a Kaspersky Lab lembra que a realização de cópias de segurança permite também evitar este tipo de situação de reféns.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor