Critical Software abre escritório em Singapura

EmpresasNegócios

Ainda assim, os indicadores que dispomos neste momento projetam que a nossa estratégia se centre na oferta para o mercado da Defesa e Segurança, bem como Energia e Saúde,” remata Nuno Vaz Santos.

A Critical Software, empresa especializada no fornecimento de soluções, serviços e tecnologias fiáveis para sistemas de informação críticos, anuncia a constituição de uma subsidiária em Singapura. Trata-se de uma decisão estratégica que visa acompanhar o crescente volume de negócio que a empresa tem vindo a captar naquela área geográfica do globo. Permite uma maior proximidade junto das organizações locais, e potencia a criação de mais um centro de competências à escala internacional.
 
Marco Costa, Presidente-executivo da Critical Software, afirma que “Este é mais um passo natural na estratégia de crescimento internacional que tem vindo a ser seguida pela Critical Software. Queremos ter uma presença global que nos permita desenvolver centros de competências, que funcionem em rede e que possam aumentar exponencialmente a capacidade de endereçar e responder afirmativamente às necessidades concretas dos nossos clientes”.
“Existem projectos já em execução e outros em fase muito adiantada das negociações, o que nos deixa muito otimistas. Os indicadores que dispomos neste momento fazem prever, com elevado grau de certeza, que a operação na Ásia possa ganhar expressão no resultado consolidado do grupo Critical Software,” salienta Marco Costa.
 
Este anúncio acontece ainda na sequência de múltiplos projetos ganhos recentemente também no mercado chinês, contribuindo de forma decisiva para o aumento do volume de exportações da tecnologia portuguesa. Singapura junta-se assim às restantes subsidiárias da Critical Software, em Southampton e Somerset (Reino Unido), San Jose (EUA), São Paulo (Brasil), Maputo (Moçambique) e Luanda (Angola).
 
O Diretor-geral da operação em Singapura será Nuno Vaz Santos, que refere que “As instalações da Critical Software na Ásia estão situadas na Centennial Tower e contarão com a presença permanente de uma equipa comercial e técnica, tendo em vista potenciar uma maior proximidade com os clientes e responder a solicitações existentes que eram geridas a partir de Portugal, bem como identificar novas oportunidades de negócio”.
“O mercado asiático representa uma excelente oportunidade para a Critical Software gerar valor nos mais variados setores de atividade. Ainda assim, os indicadores que dispomos neste momento projetam que a nossa estratégia se centre na oferta para o mercado da Defesa e Segurança, bem como Energia e Saúde,” remata Nuno Vaz Santos.


Autor: admin
Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor